ensino hibrido na pratica

Ensino Híbrido na prática – casos em escolas brasileiras

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Sumário

Desenvolver um programa de aprendizagem inovador é um desafio que cai sobre por muitas instituições de ensino no Brasil há alguns anos.

Um dos primeiros passos para entender como pode ser bem-sucedido é conhecendo experiências positivas da aplicação do ensino híbrido na prática, e ouvir dos professores como esse processo acontece. 

Saiba Mais >> O que é ensino híbrido?

Pensando nisso, o TutorMundi convidou Alexsandro Sunaga, professor de Física e Matemática e Co-autor do Livro Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação, para apresentar relatos de escolas no Brasil que utilizam modelos de ensino híbrido na educação de crianças e jovens.

Esse levantamento originou o ebook “Ensino híbrido na prática – relatos de casos”. No ebook, Sunaga traz depoimentos de educadores de escolas públicas e particulares e suas observações sobre estratégias e ferramentas que permitem aproximar os professores dos alunos através da tecnologia.

pequeno mockup 1 min 1

Despertando a curiosidade

Sunaga apresenta relatos de professores que utilizaram modelos de ensino híbrido integrados a objetivos específicos de cada disciplina.

Esse foi o caso da professora de português Fabiane Nishimuta, do Colégio Objetivo, em Sorocaba, que utilizou o modelo de sala de aula invertida para promover um maior engajamento dos alunos com a leitura.

Para despertar a curiosidade do que seria lido no bimestre, a professora utilizou trechos de filme e jogos para aproximar os jovens do assunto antes do contato com o livro.

As atividades pedagógicas foram realizadas através da plataforma Flipgrid, na qual Fabiane montou tarefas que foram realizadas ao longo da disciplina.

Além de conhecer uma nova obra e adquirir todos os benefícios da leitura, também se oportunizou a expressão virtual e o desenvolvimento de habilidades envoltas da tecnologia.”, conta Fabiane Nishimuta.

Saiba mais >> O que é sala de aula invertida? Saiba como funciona na prática

Ensino Híbrido na prática do Educação Infantil

Os relatos expostos no ebook mostram a aplicação de metodologias híbridas de ensino em toda a Educação Básica. O exemplo da professora Ana Paula da Rocha, da rede municipal de Salto Grande – SP, mostra como utilizar a rotação por estações e a rotação individual na educação infantil.

O primeiro desafio foi a falta de acesso à tecnologia, que levou a professora a gerenciar as rotações na sala de aula de forma experimental, com jogos pedagógicos e atividades tradicionais.

Com a ajuda da professora de informática da escola, o planejamento das aulas híbridas começou. A parceria tirou as dúvidas sobre as ferramentas adequadas para as competências a serem desenvolvidas, o que cada estação tinha que ter e quantas estações funcionariam para o 1º ano.

Rapidamente as aulas híbridas se tornaram muito desejadas pelos alunos, que viam o momento de aprendizado como diversão. Conseguiram um avanço significativo na aquisição do sistema de escrita alfabética, na leitura, na reflexão e na compreensão da construção do número, que era o foco atencional para a turma do 1º ano.

Como dica, a professora Ana Paula da Rocha enfatiza a necessidade de experimentar as possibilidades que estão em suas mãos.

“Se não houver a tecnologia disponibilizada para a sala de aula regular, podemos usar nosso próprio smartphones, adaptar o material, criar com material não estruturado, usar apostilas e dar mais autonomia para os alunos poderem contribuir uns com os outros. Dispor a organização da sala em layouts diferentes traz uma novidade para a sala e quebra a mesmice tradicional.”

Saiba mais >> Nativos digitais: Como tornar o processo de ensino-aprendizagem mais efetivo

O papel da gestão escolar na adoção do Ensino Híbrido

O trabalho conjunto da escola é essencial na adoção de modelos de ensino inovadores. A qualidade, o desenvolvimento do protagonismo e da autonomia do aluno, o posicionamento do aluno no centro do processo educacional são facilitadas se todos no cenário escolar cooperarem, a da direção e coordenação são decisivos nesse processo.

No ebook, Sunaga traz o relato da diretora Mary Cristina de Lima Mendes, da Escola Municipal professora Coraly de Souza Freire, em Salto Grande – SP. Desde que assumiu o cargo, Mary incentivou o uso da tecnologia pelos professores e conseguiu alcançar excelentes resultados no avanço do IDEB e na equidade.

“A maioria dos professores aceitou o novo desafio, entretanto houve aqueles que não manifestaram o mínimo de interesse e ainda tentaram boicotar o projeto. Contudo, esses percalços foram superados com o passar dos dias e até aqueles que desacreditaram o projeto puderam ver que de fato ele funcionava”, conta sobre o início das mudanças, no ano de 2014. Dois anos após, Mary deixou a direção para voltar a lecionar, e conta no ebook algumas de suas atividades que utilizaram o ensino híbrido na prática educacional.

Este post é um recorte do que você vai encontrar no ebook “Ensino híbrido na prática – relatos de casos”. Baixe-o agora mesmo e conheça histórias de sucesso que levam o ensino híbrido para a realidade da sala de aula.

Compartilhar esse artigo:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Rodrigo Dutra

Rodrigo Dutra

Estrategista de marca e especialista de conteúdo, minha missão é encontrar formas de flexibilizar e personalizar o aprendizado para que alunos irem além de seus potenciais.

Gostou? Deixe sua opinião

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação