Planejamento escolar conforme a BNCC

Planejamento escolar de acordo com a BNCC: estratégia e desenvolvimento

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Sumário

Todos os anos, os professores e coordenadores se reúnem antes do início do ano letivo para montar o planejamento escolar do ano seguinte. Essa etapa consiste na elaboração de diretrizes e atividades que a escola irá realizar para atingir os objetivos educacionais.

Mais do que traçar planos e projeções técnicas para o ensino, a hora de elaborar o planejamento escolar é um momento de olhar para o que aconteceu e identificar o melhor caminho para garantir a aprendizagem dos estudantes.

Com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), essa tarefa ganhou novas características que precisam ser adotadas para atender as demandas da formação básica através de um ensino baseado em competências e habilidades que devem fazer parte do planejamento escolar de acordo com a BNCC.

Para entender melhor como é a elaboração do planejamento escolar de acordo com a BNCC, o TutorMundi montou este guia com informações preciosas para todos que trabalham com gestão escolar e docência. Boa leitura!

O que é planejamento escolar?

Quando pensamos no planejamento dentro de uma organização, estamos falando sobre o exercício de antecipar as ações e criar planos para que elas possam ser executadas da melhor forma, com o objetivo de atingir um resultado.

Nas escolas, o planejamento escolar é um processo de organização e coordenação da ação docente, feito com o objetivo de articular as atividades escolares ao longo do ano.

A partir de um processo de reflexão que envolve a comunidade escolar, cria-se um plano de ação que vai nortear a proposta pedagógica, as atividades educacionais, a matriz curricular e as metodologias de ensino.

Saiba mais >> Proposta Pedagógica: Como elaborar de acordo com a BNCC?

Além de questões técnicas como definição de calendários, montagem das turmas e materiais didáticos, o planejamento escolar se debruça sobre o Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola para atender os objetivos da instituição.

O processo de elaboração do planejamento escolar parte de repensar o ano letivo, dando foco aos elementos básicos do ensino, que são:

  • Objetivos da escola (por que ensinar?);
  • Conteúdos programáticos (o que se vai ensinar?);
  • Metodologias de ensino (como e com o que ensinar?);
  • Tempo e espaço das aulas (quando e onde ensinar?);
  • Avaliação pedagógica (o que foi aprendido?).

Para que serve o planejamento escolar?

O planejamento escolar costuma ser elaborado considerando todo o ano letivo, e sua criação antecede o início das aulas, em um momento conhecido como “Semana Pedagógica”.

O termo pode mudar de instituição para instituição, mas tem o objetivo comum de discutir como será o ano letivo e revisar o PPP. O planejamento para o ano surge da análise minuciosa dos erros e dos acertos da gestão escolar para, a partir disso, definir metas.

Além de revisar e criar estratégias para alcançar os objetivos educacionais da escola, o planejamento escolar é fundamental para otimizar a gestão e garantir o bom uso dos recursos – materiais, financeiros e de pessoas –  e do tempo da escola. 

Ao planejar os passos que serão adotados pela escola, é possível prever quais serão os pontos que precisam de mais investimento, quais ações devem ser mantidas e o que deve ser mudado para otimizar as práticas educacionais.

Alguns dos objetivos do planejamento escolar são:

  • Colocar ideias em prática;
  • Revisar os passos do ano anterior;
  • Propor um espaço de diálogo;
  • Escutar a comunidade escolar;
  • Revisar o PPP.

Quais são os tipos de planejamento escolar?

Existem dois tipos principais de planejamento escolar utilizados para a elaboração do plano de ações. Cada modalidade atende a necessidades e contextos específicos. Por isso, compreender a sua aplicação ajuda a identificar qual é o melhor para a sua escola.

Planejamento escolar participativo

O planejamento escolar participativo garante que toda a comunidade escolar, ou seja, pais, alunos, funcionários e professores, tenham voz ativa no processo de elaboração do plano de ações da escola.

Descentralizado, o planejamento participativo faz da escola um local plural, aberto ao diálogo e ativo na busca por um espaço horizontal, em que o foco da tomada de decisões não acontece através de posições hierárquicas.

Um processo participativo é fundamental na criação de um bom Projeto Político Pedagógico e sua elaboração traz diversos benefícios para a comunidade escolar, mas esse modelo não funciona em todas as instituições de ensino.

Para funcionar, a gestão escolar precisa ser democrática, e que todos tenham acesso a informações sobre a realidade da escola. Além disso, a escola precisa conhecer bem o contexto do qual faz parte e escutar as famílias e colaboradores.

Leia também >> O que é Gestão Escolar Democrática e como aplicar?

Planejamento escolar Estratégico

Diferentemente do modelo participativo, o planejamento escolar estratégico concentra o poder de decisão em um pequeno grupo de profissionais com perfil técnico, que vão ter como base o uso de dados e de pesquisas para encontrar o melhor plano para a escola.

Para fundamentar as decisões, esse modelo de gestão se vale de ferramentas de pesquisa de satisfação, de resultados dos alunos, de análise de concorrentes e diferentes indicadores, que vão ajudar na criação de um planejamento escolar baseado em evidências.

O levantamento dessas informações pode ser favorecido pelo uso de sistemas de gestão de aprendizagem, ferramentas de automação escolar e outras ferramentas de tecnologia educacional que fornecem dados sobre o desempenho na escola.

Como montar o planejamento escolar de acordo com a BNCC

Como montar o planejamento escolar de acordo com a BNCC?

A Base Nacional Comum Curricular funciona como um guia a ser seguido pelas escolas brasileiras. Ela traz o que todos os alunos da formação básica têm direito a aprender, com o objetivo de reduzir as desigualdades educacionais e garantir que todos tenham acesso aos mesmos conhecimentos essenciais para a formação. 

O documento estabelece quais são os conhecimentos que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da jornada escolar. Para isso, a BNCC propõe um ensino baseado em competências e habilidades que devem guiar toda a educação básica.

No planejamento escolar, a gestão deve considerar as 10 competências gerais que contemplam toda a educação básica, e as competências específicas de cada segmento e disciplina, bem como as habilidades necessárias para alcançar as competências.

Saiba mais >> BNCC Língua Portuguesa: dicas para planejar suas aulas

Confira, a seguir, algumas dicas que podem ajudar na hora de reunir a sua equipe pedagógica para elaborar um planejamento escolar de acordo com a BNCC.

Defina os objetivos

Todo o planejamento escolar deve ter como meta a definição dos objetivos que serão trabalhados ao longo do ano. Para adequá-los à BNCC, é fundamental conhecer as 10 competências gerais da Base e identificar formas de atendê-las na sua escola.

Para atender à BNCC, o planejamento escolar deve contemplar esse conjunto de conhecimentos que todos os alunos precisam desenvolver, e que estão diretamente conectados com os desafios do século XXI.

Liste os recursos necessários

Para evitar gastos desnecessários, é fundamental ter em mãos uma lista dos recursos que serão necessários para que os objetivos educacionais sejam atingidos.

Essa lista deve contemplar tanto os recursos financeiros e materiais quanto as necessidades de pessoal, estrutura e tempo.

Tenha em mente que algumas competências da BNCC demandam investimentos em tecnologias educacionais e no desenvolvimento socioemocional dos alunos. Por isso, destine recursos para atender essas demandas.

Utilize os dados a seu favor

Hoje em dia, diversas plataformas educacionais oferecem dados sobre o desempenho dos alunos e podem apontar quais são as lacunas que precisam ser preenchidas no processo de ensino aprendizagem.

Conhecer a realidade do ensino na escola permite que o planejamento escolar seja mais estratégico e atenda às necessidades dos alunos com mais praticidade e menos custos.

Planejamento conforme a BNCC 3

Escute a comunidade escolar

Os objetivos da escola devem estar alinhados com os interesses da comunidade escolar. É importante respeitar a opinião dos pais, dos familiares e dos funcionários, para que o planejamento escolar participativo aconteça e traga benefícios para a educação.

Na BNCC, a cooperação, a empatia e a cidadania são aspectos presentes em algumas das competências gerais, e permitir que as pessoas envolvidas no processo educacional tenham voz torna o planejamento mais inclusivo e democrático.

Crie metas realizáveis

O planejamento escolar precisa ser realista. Não adianta ter um ótimo plano se ele não pode ser executado. Por isso, crie ações práticas e que podem ser realizadas a curto prazo, com prazos determinados e que abram a possibilidade de revisão durante o ano letivo.

Dessa forma, a gestão tem a capacidade de acompanhar o desenvolvimento e propor mudanças ao longo do ano, sem prejudicar o andamento do plano de ação e garantindo o sucesso das práticas educacionais.

Revise o ano anterior

Para identificar o que deu certo na escola, é muito importante olhar para o passado e analisar o que ocorreu como esperado e o que deixou a desejar.

Esse exercício analítico permite observar quais competências e habilidades foram melhor atendidas pelo planejamento escolar anterior e o que pode ser modificado para garantir que o aprendizado dos alunos seja beneficiado.

Conclusão

O planejamento escolar é um momento muito importante para as escolas por servir como um momento de reflexão sobre os caminhos trilhados. Adotar práticas inovadoras permitem que o processo seja otimizado e traga mais benefícios para o aprendizado dos alunos.

Para criar um planejamento escolar alinhado com a BNCC, algumas dessas práticas devem ser revistas para contemplar as competências necessárias para o século XXI e garantir que a educação seja, de fato, transformadora.

No blog do TutorMundi, você pode encontrar dezenas de artigos sobre inovação na educação, metodologias ativas de aprendizagem e gestão escolar para ajudar no seu processo de planejamento da sua escola. Acesse e confira!

Leia também

O que é Tutoria Online e como ela melhora a jornada de aprendizagem do aluno?

Gestão Pedagógica para escolas inovadoras: como modernizar o processo de ensino-aprendizagem

Contraturno escolar: 5 atividades para realizar na sua escola

Compartilhar esse artigo:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Rodrigo Dutra

Rodrigo Dutra

Estrategista de marca e especialista de conteúdo, minha missão é encontrar formas de flexibilizar e personalizar o aprendizado para que alunos irem além de seus potenciais.

Gostou? Deixe sua opinião

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação