fbpx
Mulher segurando caderno personalizado

Relatório de acompanhamento pedagógico: como extrair o máximo

Compartilhe

Sumário

Relatório de acompanhamento pedagógico

O relatório de acompanhamento pedagógico é uma peça de extrema importância em qualquer instituição de ensino. A sua utilização inteligente e estratégica é fundamental para extrair o máximo possível de informações.

Desse modo, é possível elevar o nível educacional da escola, alunos e professores. Como essa prática deve ser algo recorrente nas escolas, é preciso tirar dúvidas acerca do acompanhamento pedagógico.

No presente texto, vamos te explicar tudo sobre o relatório de acompanhamento pedagógico. Se você deseja saber um pouco mais sobre esse tema, siga com a leitura e venha conosco.

O que é relatório de acompanhamento pedagógico?

O relatório descritivo de acompanhamento pedagógico é um parecer que reúne informações sobre o aluno ao longo do ano letivo, semestre ou outro período de tempo estabelecido.

Esse instrumento serve para que os dados em questão ajudem a potencializar a relação ensino-aprendizagem, já que esses registros ajudam os funcionários a perceberem aspectos comportamentais e de aprendizagem individualizados.

A produção de relatórios pedagógicos deve ser algo constante em qualquer escola. Com isso, a coordenação pedagógica, junto ao corpo docente, pode tomar ações direcionadas à resolução de problemas.

Da mesma forma, a comunicação com os pais fica melhor, visto que é possível fornecer dados precisos acerca do aluno, que o avaliam em diversos aspectos.

Descubra também >> Intervenções Pedagógicas para Aulas Online

Como fazer um relatório de acompanhamento pedagógico?

A construção de um relatório pedagógico começa a partir da observação criteriosa por parte do professor. As anotações podem ser feitas da maneira que o docente mais se sinta confortável. No entanto, a montagem do relatório deve ser padronizada e seguir alguns preceitos.

Primeiramente, é preciso ter objetividade na hora de avaliar cada aluno, visto que são vários. Por exemplo, a expectativa do professor era que o aluno conseguisse realizar a atividade completando todas as dez palavras, mas o aluno conseguiu apenas duas. Na hora de registrar o desempenho, este deve ser comparado com a expectativa, para fins de análise posterior por outro funcionário.

De modo geral, a análise deve dividir-se em dois eixos. Confira, abaixo, os eixos de elaboração de um bom relatório pedagógico.

Eixos de um relatório pedagógico dividido em aprendizagem e comportamental.

1. Aprendizagem

A aprendizagem diz respeito à retenção do que é lecionado em sala de aula, assim como aspectos que o professor deve perceber no dia a dia. O quão bem o aluno escreve, quão rápido ele raciocina, como é a sua coordenação motora, memória, atenção e rendimento, entre outros aspectos.

De forma resumida, o relatório escolar de aprendizagem contém as seguintes informações:

  • Leitura: capacidade que o estudante tem para ler e interpretar textos.
  • Escrita: qualidade da escrita, grafia e disposição para escrever.
  • Matemática: capacidade de identificar operações matemáticas e raciocinar matematicamente.
  • Coordenação motora global: observada nas atividades de educação física, diz respeito ao movimento do aluno e capacidade de subir, descer, correr, etc.
  • Coordenação motora fina: habilidades manuais como escrever, recortar, pintar, manusear objetos.
  • Coordenação espacial: ligada a noções de espaço e reconhecimento de distâncias.
  • Rendimento: capacidade do aluno para realizar as atividades propostas em sala de aula.
  • Memória: como o aluno responde a gravar e a memorizar informações e palavras.
  • Atenção: capacidade de reter atenção e se distrair em atividades.

Para registrar tais dados, como mencionamos, é possível que o professor realize anotações em agendas de classe, cadernos ou outros meios. Também deve ser preciso com relação à disciplina, já que a dificuldade de aprender de um estudante pode ser apenas em uma matéria, ou em todas..

Relatar a dificuldade de aprendizagem nem sempre é fácil. No entanto, o professor é o único que pode passar essas informações para o relatório pedagógico de acompanhamento com propriedade. Ter esses dados vai, no fim das contas, ajudar o aluno.  

Relatório de acompanhamento pedagógico

2. Comportamental

Para que o relatório seja completo, aspectos do comportamento do aluno devem ser corretamente registrados no relatório de acompanhamento pedagógico do aluno. Nesse caso, estamos falando de sua organização em sala de aula, relacionamento com os colegas e autoridades, obediência a regras, entre outros aspectos como é possível ver abaixo:

  • Hiperatividade: capacidade de manter a postura em sala de aula e completar as atividades.
  • Impulsividade: reação a estímulos e orientações dos professores.
  • Obediência: capacidade de respeitar regras e a autoridade de professores ou coordenadores.
  • Socialização: traços de timidez e interação do aluno com outras crianças, trabalho em equipe, introspecção ou extroversão.
  • Organização: como o aluno trata os bens pessoais e coletivos.
  • Agressividade: comportamento agressivo com os colegas ou com ele mesmo.
  • Irritabilidade: capacidade de se controlar em momentos de tensão.

Esse eixo é ainda mais abrangente e merece tanta atenção quanto o anterior. No caso de alunos muito hiperativos, por exemplo, o relatório pedagógico pode ser uma ferramenta para que médicos diagnostiquem alguma condição, como TDAH.

Na hora de passar tais informações para o relatório, é preferível que a objetividade seja utilizada, como mencionamos. No entanto, apesar de as informações serem concisas, elas devem ser fidedignas e conter um certo nível de detalhamento.

Por exemplo, não é bom apenas afirmar que o aluno “mostra-se agressivo”. Em que situações ele age desse modo? Por que? Há algo que serve de gatilho para essas agressões? É só com os colegas? Com um colega específico? Com um grupo de amigos ou com o professor? É importante deixar detalhado para facilitar o diagnóstico de algum problema.

Veja mais >> Intervenções Pedagógicas para Aulas Online

Modelo de relatório de acompanhamento pedagógico

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o relatório de acompanhamento pedagógico, nós vamos falar sobre a facilidade de utilizar um modelo pronto. Muitas vezes, as pessoas acabam ficando em dúvida sobre a realização de um relatório sobre quais são os tópicos que devem ser tratados neste relatório.

Exatamente por isso, é importante ter um modelo de relatório de aprendizagem para basear os seus futuros registros. Isso ajuda, inclusive, no sentido tecnológico e nas informações que podem ser apresentadas e decisões que podem ser tomadas a partir disso. 

Por isso, abaixo temos um modelo de relatório de aprendizagem sugestivo para que você consiga editar o seu com as suas informações e adaptar à sua realidade.

 Modelo de relatório de acompanhamento pedagógico tutormundi

Com relatórios suficientes, é possível tomar decisões para melhorar a vida acadêmica de toda a escola. Alguns exemplos seriam:

  • Encaminhar o estudante a um profissional, como um psicólogo ou psicopedagogo;
  • Elaborar um novo plano de ação pedagógico para o aluno, para a turma ou para um grupo de estudantes;
  • Retomar conteúdos que não foram bem assimilados;
  • Proporcionar aulas de reforço no contraturno escolar para diminuir as deficiências comuns dos seus alunos;
  • Disponibilizar jogos educativos que ajudem a desenvolver competências e habilidades deficitárias.

Tecnologias educacionais: como extrair o máximo de inteligência?

Nesse contexto de novas tecnologias educacionais, fazer relatórios de aprendizagem fica ainda mais fácil, pois é possível contar com softwares de gerenciamento escolar que facilitam a inserção e o acompanhamento dos dados educacionais.

Essas ferramentas, além de favorecerem novos meios de aprender e possibilitarem um trabalho mais completo em sala de aula, também auxiliam os professores no preenchimento de relatórios e os gestores na gestão educacional.

O TutorMundi, por exemplo, ao permitir contato de alunos com tutores diariamente, é uma excelente ferramenta para ver relatórios de aprendizagem, pois você tem acesso a todas as aulas e aos apontamentos que os tutores fazem durante os atendimentos. 

Nos momentos de tutoria, é possível oferecer um atendimento personalizado e focado no estudante, o que permite à escola compreender as deficiências pedagógicas, diminuir o desnível e ter uma ampla noção das necessidades do aluno. Além disso, tudo isso 24 horas por dia e 7 dias por semana!

Com essas informações, é possível criar relatórios muito mais completos e, assim, elaborar uma proposta pedagógica que forneça um ensino personalizado e eleve ao máximo o potencial dos alunos de sua escola. 

Afinal, o que é o ensino personalizado? Por que os relatórios são importantes para isso?

Personalização do ensino

O que significa personalização do ensino? Este termo diz respeito ao aluno no centro de tudo, considerando-se que cada estudante aprende de um modo diferente. Seja uma absorção mais rápida ou mais lenta, a personalização do estudo vai levar em conta essas particularidades. 

Além disso, consideram-se conhecimentos anteriores, interesses, cultura, entre outros fatores, para estabelecer uma forma abordagem bem-feita, de acordo com as necessidades dos alunos. Por isso, para ter todos esses dados, o relatório de aprendizagem é essencial.

Alunos em uma cafeteria estudando em grupo usando notebook e tablet

pexels.com

Mais uma vez, é interessante abordar o TutorMundi nessa missão. A plataforma tem diversos benefícios e possibilidades. O nosso objetivo é conectar nossos alunos a tutores das melhores universidades do país, na hora.

As aulas ficam registradas, de modo que o aluno e a escola podem diagnosticar suas dificuldades. O TutorMundi é também um modo de a escola estar presente em toda a jornada educacional do aluno.

O relatório de acompanhamento pedagógico é um poderoso instrumento na hora de avaliar o aluno por completo. Por isso, é importante saber como fazer um e o papel do professor nesse sentido.

Qual o papel do professor diante das novas tecnologias educacionais?

O uso de tecnologias na educação está cada vez mais comum. O papel do professor, nesse sentido, deve ser o mais estratégico possível. Os novos tempos e a tecnologia influenciam o processo de aprendizagem para a geração Z. A internet, por exemplo, acaba sendo um meio que serve para fins educacionais.

O ensino híbrido, a sala de aula digital, e o ambiente virtual de aprendizagem, entre outros, são poderosas tecnologias educacionais.

Ao invés de “remar contra a maré”, vedando o uso da tecnologia, o professor que abre a mente e abraça os avanços da tecnologia ganha mais no quesito ensino e com a turma. Utilizar recursos de forma inteligente, a fim de estimular a curiosidade dos alunos, é o melhor caminho.

O uso de tais softwares e apps favorecem novos meios de aprender, que frequentemente são mais interessantes, e possibilitam um trabalho mais completo em sala de aula. Da mesma forma, a aprendizagem fica mais autônoma, por parte do aluno, que pode explorar esses recursos também em casa.

No caso do TutorMundi, por exemplo, é um excelente aliado do professor, porque, através da parceria com os tutores, identificar problemas dos estudantes se torna mais fácil. Isso porque, em sala de aula, o educador tem de lidar com diversos alunos ao mesmo tempo, o que dificulta perceber as peculiaridades de alguns estudantes, em especial, os mais tímidos.

Por isso, as novas tecnologias educacionais são grandes aliadas dos professores e da gestão como um todo. Assim, é papel do professor dominá-las e utilizá-las de modo a beneficiar suas turmas, e, para isso, saber utilizar ferramentas que facilitem a elaboração de relatórios de acompanhamento pedagógico é essencial.

Você já conhecia o relatório de acompanhamento pedagógico? Gostou de saber mais a respeito da atuação de professores e tutores nesse contexto? Esperamos que o nosso conteúdo tenha sido informativo. Para saber mais, dê uma olhada neste infográfico sobre intervenções pedagógicas para revolucionar a sala de aula.

Compartilhar esse artigo:

Uma resposta

Gostou? Deixe sua opinião

Inscreva-se para receber conteúdos e notícias sobre ensino híbrido e personalização da aprendizagem no seu e-mail toda a semana.

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação