captacao-de-alunos

Captação de alunos: Como gerar mais matrículas para escolas particulares?

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Sumário

Um dos maiores desafios que as escolas particulares precisam enfrentar todos os anos é a captação de alunos. Com as dificuldades que a pandemia trouxe para as escolas, atrair e reter alunos ficou ainda mais complicado e exige novas habilidades dos gestores.

Diante desse cenário, as escolas particulares precisam encontrar diferenciais competitivos e oferecer, além de ensino de qualidade, recursos e ferramentas que melhorem o processo de ensino e aprendizagem.

Só que isso não basta, se não for apresentado ao público: pais e alunos.

Para a gestão escolar, fica o dever de inovar, principalmente após as experiências com o ensino remoto e a necessidade, cada vez mais urgente, de modernizar as escolas e investir na cultura digital.

Neste artigo, vamos entender como as escolas podem se preparar para melhorar a captação de alunos e gerar bons resultados em campanhas de matrícula escolar.

Como a pandemia afetou a captação de alunos nas escolas particulares?

Ainda é cedo para saber todos os efeitos que a pandemia de covid-19 causou na educação brasileira, mas alguns dados já apontam os resultados.

Para conter o avanço do coronavírus, o Brasil foi o país que passou mais tempo com escolas fechadas. Enquanto a média mundial foi de 5 meses, as escolas brasileiras permaneceram com medidas restritivas rígidas por 13 meses.

O impacto da crise na renda das famílias e a falta de confiança com o ensino remoto afetou diretamente as escolas privadas, com maior força nas instituições de pequeno e médio porte, com até 180 alunos.

Um relatório produzido pela consultoria de gestão escolar Grupo Rabbit estima que 2,7 milhões de estudantes deixaram a escola, um percentual de 34% dos alunos das redes particulares de ensino, ou seja, um terço dos alunos.

Mas com um cenário de retomada das aulas presenciais esperado para 2022, como recuperar o tempo perdido e reconquistar a confiança dos pais? A saída está em um bom planejamento estratégico e na coragem para inovar.

Vamos conhecer algumas dicas sobre como as escolas particulares e a gestão escolar podem se adequar ao novo normal e melhorar a captação de alunos em 2022.

10 dicas para melhorar a captação de alunos de escolas particulares

A instabilidade que a pandemia provocou nas redes de ensino trouxe muitos aprendizados para as escolas particulares, como a necessidade de investir em metodologias de ensino inovadoras, incentivar a cultura digital nas escolas e abraçar a tecnologia em sala de aula.

Para melhorar a captação de alunos em escolas particulares, é necessário ir além do que todas as escolas oferecem e garantir o melhor ensino aliado às melhores ferramentas para amplificar o desempenho dos estudantes.

A seguir, você confere 10 dicas para ajudar na captação e retenção de alunos de escolas particulares.

1. Investir em marketing educacional

O marketing educacional é um dos pilares para aumentar o reconhecimento da escola e atrair novos alunos, um investimento necessário para que sua escola se destaque.

Mais do que divulgação, o marketing educacional ajuda na comunicação da escola com a família, aumenta a confiança e melhora o engajamento e o senso de comunidade. Afinal, quem não gosta de saber que a sua escola é conhecida em toda a cidade?

O marketing educacional está estruturado em:

  • Marketing Digital – redes sociais, site e blogs otimizados para SEO, anúncios e publicidades pagas, e-mail marketing, entre outros.
  • Marketing Offline – outdoors, mídia impressa, peças gráficas pela escola, campanhas na TV e rádio, entre outros.

E engana-se quem acredita que o marketing educacional está limitado a campanhas de matrícula escolar. O marketing para escolas particulares é um investimento para o ano todo, com resultados importantes na retenção dos alunos já matriculados.

Afinal, se você garante a satisfação dos seus alunos, eles vão falar da sua escola. 

Se você quiser conhecer mais sobre marketing para escolas particulares, visite nosso artigo completo com estratégias para marketing educacional.

2. Oferecer metodologias de ensino inovadoras

O método de ensino tradicional, com professores no centro do processo de ensino e aprendizagem e alunos passivos, já não funciona mais.

Como demonstrou Benjamin Bloom em sua famosa taxonomia dos objetivos educacionais, os alunos aprendem muito mais quando expostos a atividades desafiadoras, que os colocam em postura ativa na construção do próprio aprendizado.

Por isso, as escolas que investem em metodologias ativas de aprendizagem estão alinhadas com o que se espera de uma escola conectada com o seu tempo.

Com as metodologias ativas, o aluno torna-se protagonista de seu próprio aprendizado, saindo da estagnação da sala de aula e aprendendo na prática. Conheça alguns dos principais modelos ativos de aprendizagem para adotar em sua escola:

E se a sua escola ainda não utiliza metodologias ativas de aprendizagem no dia a dia, não se preocupe. Preparamos um e-book gratuito com todos os passos para levar a inovação da aprendizagem ativa para os seus alunos. Clique no banner e confira!

guia das metodologias ativas

3. Estruturar um currículo com ensino híbrido 

O ensino híbrido é visto por especialistas da educação como uma tendência para o ensino no cenário pós pandemia. O motivo está nos benefícios que as TDICs trazem para o processo de aprendizagem.

Saiba mais >> Ensino Híbrido: o que você precisa saber em 2021

Quando bem aplicado, o ensino híbrido tem o potencial de melhorar a absorção de conhecimento dos alunos através da combinação entre momentos de aprendizado presencial e online. 

O aluno passa a ter mais autonomia sobre a própria aprendizagem, com mais flexibilidade para estudar onde e quando é melhor para ele, assumindo postura protagonista.

Nesse modelo de ensino, o papel do professor é atualizado, permitindo que o docente dedique mais tempo ao atendimento das dificuldades do aluno do que à transmissão do conteúdo. O professor vira mediador do aprendizado, cooperando com o desenvolvimento dos estudantes para melhorar a experiência de ensino.

O que torna o ensino híbrido uma tendência para o contexto educacional é o uso de tecnologias no processo de aprendizagem. Com as ferramentas digitais, a personalização do ensino se torna mais acessível e rápida, fazendo com que os processos sejam ainda mais otimizados e tragam ótimos resultados na vida dos alunos.

Saiba mais >> Ensino Híbrido na prática – casos em escolas brasileiras

E se ainda resta dúvidas sobre como implantar o ensino híbrido de vez na sua escola, também temos um material rico e completo totalmente gratuito para você. Baixe o e-book Guia de Implementação do Ensino Híbrido e transforme as suas aulas! 

4. Otimizar e modernizar a gestão escolar

Modernizar a gestão escolar não é apenas otimizar os processos e tornar tudo digital. Os benefícios vão desde melhorar a relação entre os profissionais da escola até fornecer dados que favorecem o ensino dos estudantes.

Um sistema de gestão de aprendizado eficiente tem o poder de coletar dados sobre os alunos e fornecer caminhos personalizados para cada estudante. O aluno aprende da maneira mais adequada para o seu ritmo de aprendizagem.

Além disso, ferramentas educacionais também melhoram o dia a dia dos professores, especialmente em aulas remotas. Tarefas comuns como correção de provas, avaliação de aprendizado e conteúdo podem ser facilmente otimizadas com tecnologias educacionais.

Saiba mais >> Saúde mental dos professores na pandemia: como evitar a sobrecarga?

Uma gestão escolar que demonstra preocupação com seus funcionários e com a qualidade dos seus serviços, sem demagogia ou soluções milagrosas, consegue reter os estudantes e conquistar a confiança dos pais, como veremos no próximo tópico.

5. Aproximar a família da escola

A confiança na escola é um dos principais motivos para que os pais mantenham os filhos matriculados. E conquistar a confiança é uma tarefa que exige acompanhamento constante.

Uma das melhores formas de melhorar a retenção dos estudantes é criar um canal de diálogo frequente e ativo com a família, seja através de redes sociais ou de atividades na escola que evidenciem os benefícios que a formação está trazendo para os filhos.

Em tempos de escolas conectadas, as redes sociais são muito importantes para estreitar os laços entre família e escola e aproximar a comunidade escolar.

Um outro fator que deve ser considerado é que a indicação de pais de alunos, ou marketing boca a boca, vale ouro! Uma família satisfeita tem um grande potencial de conversão de novas matrículas, além da manutenção das matrículas de seus filhos.

Para medir a satisfação dos pais e a probabilidade de indicarem a escola para outras famílias, a pesquisa de satisfação com pais e alunos é uma ótima ferramenta. Para entender o porquê, leia o próximo tópico!

6. Faça pesquisa de satisfação com pais e alunos

A pesquisa de satisfação é um recurso muito utilizado para medir a aceitação de um serviço ou a necessidade de fazer ajustes. Nas escolas, ela serve como guia para a gestão escolar, que pode usá-la para melhorar os processos dentro da instituição.

É através da pesquisa de satisfação com pais e alunos que a escola pode conhecer os desejos e as demandas das famílias e, dessa forma, oferecer mais qualidade no ensino.

Ouvir os pais e responsáveis permite conhecer o público-alvo da escola, informação que vai traçar toda a construção do marketing educacional, e construir uma proposta pedagógica alinhada com o seu público.

7. Investir em tutoria online para os alunos

Um estudo do MIT concluiu que estudantes que aprendem com o auxílio de um tutor individual têm resultados 98% melhores do que os que aprendem no modelo tradicional.

tutoria online para captação de alunos

Oferecer um tutor individual para cada aluno é um trabalho muito caro para a maioria das escolas, mas com a tutoria online, isso se torna possível para muito mais pessoas.

Com um celular, a tutoria digital permite que o aluno tenha contato com um tutor, especialista no conteúdo, onde e quando quiser, resolvendo as dúvidas no formato mais adequado para o seu aprendizado.

Várias escolas e cursinhos pré-vestibulares no Brasil já investem em tutoria online e comprovam os benefícios de usar a ferramenta. Conheça as histórias do Colégio Fator, Curso Plus Aprendizagens e XIX de Março.

Além de melhorar o aprendizado dos alunos e reduzir o volume de demandas sobre os professores, a tutoria online também é um diferencial competitivo que pode destacar a sua escola das demais, o que nos leva para o próximo tópico.

8. Criar o diferencial competitivo da escola

Em um contexto de alta concorrência entre escolas particulares, a criação de um diferencial competitivo pode ser a diferença que vai orientar a decisão dos pais pela sua escola.

Se você leu nosso artigo até aqui, já tem em mente várias possibilidades para criar um diferencial competitivo. A adoção de novas ferramentas, que melhorem o desempenho dos estudantes, e a modernização dos processos são alguns deles.

É importante fazer uma pesquisa de mercado e entender o que os concorrentes da sua escola particular anunciam como diferencial. E dependendo do resultado, use as informações obtidas a seu favor, mostrando o porquê de a sua escola ser a melhor escolha.

Tenha em mente que o que é bom deve ser mostrado! Deixe sempre alinhado o discurso sobre o que a sua escola oferece e prepare os profissionais que trabalham na instituição para reforçarem os diferenciais para os alunos e para a família. 

9. Oferecer descontos e negociar dívidas

Uma boa forma de incentivar a divulgação é oferecer descontos para quem indicar algum aluno. Essa ação estimula que os pais, que desejam continuar na sua escola, convide novos alunos para se matricularem.

Alunos de uma mesma família, ou filhos de ex-estudantes, também podem receber descontos na mensalidade ou vantagens em atividades oferecidas pela escola. Essa proposta pode melhorar os índices de retenção e trazer novos estudantes.

Saiba mais >> Como reduzir a evasão escolar na pandemia?

Em virtude da pandemia, a inadimplência escolar aumentou. Uma pesquisa realizada pelo  Explora – Pesquisas, Métricas e Inferências Educacionais mostrou que, nos primeiros meses de pandemia, a inadimplência chegou a 40%.

Por esse motivo, considerar negociar dívidas pode estimular a manutenção de vagas de alunos cujas famílias foram afetadas pela crise econômica.

10. Investir em tecnologias educacionais

A maioria das dicas para melhorar a captação de alunos de escolas particulares que demos neste artigo envolve tecnologia educacional. Mas não custa lembrar: invista em novas tecnologias na sua escola!

O motivo para reforçarmos este ponto é muito simples. Cada vez mais a cultura digital faz parte da vida dos estudantes e ignorar sua presença nas escolas é remar contra a corrente.

Saiba mais >> Gestão escolar e tecnologia: tendências para a Educação Básica no Geduc 2021

Já se foi o tempo em que a tecnologia era inimiga da sala de aula. Hoje, o celular está tão presente no processo de ensino aprendizagem, quanto livros e cadernos.

Trazer, não só novas ferramentas educacionais, mas também linguagem de programação, robótica e o estudo da história da tecnologia dão ao aluno habilidades que serão essenciais no mercado de trabalho do futuro.

  • captacao de alunos
  • captacao de alunos 1
  • captacao de alunos 2
  • captacao de alunos 3

Como o TutorMundi pode melhorar a captação de alunos da sua escola particular?

A tutoria digital é um recurso para resolver um dos problemas mais presentes nas escolas particulares: o desnível de conhecimento.

Com um quadro de professores limitado, ou até mesmo pela timidez de alguns alunos, solucionar dúvidas se torna um desafio que acompanha a jornada do estudante até o encerramento do ciclo básico. 

Mas com o TutorMundi, nossa ferramenta de tutoria digital, a solução para as dificuldades que os alunos enfrentam está disponível na hora em que as dúvidas aparecem. Isso tudo com a ajuda de tutores especialistas das principais universidades do Brasil.

Oferecer esse tipo de solução para os estudantes é mostrar que a sua escola está preocupada com o desenvolvimento integral dos alunos, garantindo o mesmo nível de qualidade para todos.

Se você quiser saber como ser uma escola conveniada do TutorMundi, solicite um contato de um consultor educacional.

Conclusão

Neste artigo, você viu porque é importante investir em alternativas para aumentar a captação de alunos e melhorar a satisfação dos estudantes que já estão matriculados.

Em um momento de grandes transformações na educação, a escola que apresenta diferenciais relevantes para o processo de ensino aprendizagem tem o potencial de sair na frente da concorrência.

Mais do que moderna e digital, a escola do futuro deve ser um espaço que escuta a família e oferece o melhor para que os alunos desenvolvam plenamente sua capacidade de transformar o mundo. 

Fontes

Especialistas explicam por que o Brasil errou ao deixar crianças e jovens longe das salas de aula

Escolas particulares perdem um terço das matrículas na pandemia

O ENSINO HÍBRIDO NO BRASIL APÓS PANDEMIA DO COVID-19

Em 95% das escolas de pequeno e médio porte houve cancelamento de matrícula, revela pesquisa

Compartilhar esse artigo:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Rodrigo Dutra

Rodrigo Dutra

Estrategista de marca e especialista de conteúdo, minha missão é encontrar formas de flexibilizar e personalizar o aprendizado para que alunos irem além de seus potenciais.

Gostou? Deixe sua opinião

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação