fbpx
Dois alunos estudando sozinhos, praticando a rotação por estações com o aprendizado autônomo

Como aplicar a rotação por estações de aprendizagem em 7 passos

Compartilhe

Sumário

Banner oferecendo o Guia das Metodologias Ativas para escolas gratuitamente. Podendo auxiliar na aplicação de rotações de estações de aprendizagem.

Dentre as metodologias ativas de aprendizagem, a rotação por estações é uma das mais divertidas e eficientes quando bem aplicada.

Ao dividir os alunos em grupos nas estações, você permite que eles apliquem o aprendizado autônomo e sejam protagonistas do processo de aprendizagem.

Por isso, neste artigo, vamos explicar como aplicar a rotação por estação e dar alguns modelos para você aplicar agora mesmo em sua escola! Boa leitura.

O que é rotação por estações?

Rotação por estação é uma metodologia ativa de aprendizagem em que os alunos passam por um circuito de estações durante o período de uma ou duas aulas.

As estações são individuais e não precisam ser completadas em uma única ordem, o que torna a rotação possível. Além disso, os estudantes participam delas divididos em grupos de poucos alunos, facilitando o aprendizado.

Ilustração do TutorMundi exemplificando rotação por estações.

Os alunos então vão alternando de uma estação para outra em um tempo estipulado pelo professor, mas a média é cerca de 15 minutos e todas as estações devem acabar simultaneamente.

Cada estação tem uma atividade diferente, podendo ser:

  • Leitura de um material;
  • Resolução de exercícios;
  • Assistir a um vídeo;
  • Analisar um texto;
  • Elaboração de um texto ou pequeno experimento;
  • Jogar um jogo educativo;
  • Realizar uma simulação em algum aplicativo;
  • Contatar um tutor online;
  • Discutir algum assunto;
  • Desenvolver um roteiro e mais,

Tudo dependerá de qual é o objetivo do professor, o tema da aula e da criatividade docente para encaixar as atividades. Veja alguns exemplos mais adiante no artigo.

Veja também nosso guia das metodologias ativas! 😍

Quais os benefícios do modelo de rotação por estações?

Esta metodologia ativa demanda um pouco de planejamento e de espaço físico, mas é grandemente benéfica para os alunos e para o professor, porque:

  • Dinamiza o ensino;
  • Aplica o MicroLearning, já que os alunos aprendem pequenas lições em cada estação, facilitando a retenção;
  • Melhora a fixação do conteúdo;
  • Diminui a sobrecarga do professor com disciplina em sala de aula;
  • Estimula o protagonismo do estudante;
  • Desenvolve o espírito de cooperação.

Assim, a rotação por estações de aprendizagem é muito eficiente no processo de ensino.

Como aplicar a rotação por estações

Ilustração do TutorMundi explicando como aplicar a rotação por estações aprendizagem.

A rotação por estação pode ser facilmente aplicada em sala de aula, precisa apenas de um bom planejamento e cuidado com os seguintes aspectos:

Não pode haver pré-requisitos

Cada estação precisa ter começo, meio e fim, ou seja, todas as atividades precisam ser encerradas em sua respectiva estação. 

Isso porque os grupos começam cada um de uma estação diferente, então, se houver pré-requisitos, a rotação não será possível tão facilmente e será formada uma fila de grupos.

Por isso, o professor precisa planejar atividades que sejam curtas o suficiente para caberem dentro do limite de tempo estipulado, seja ele qual for, e que sejam completas.

Nesse sentido, é preciso então criar atividades que complementem umas às outras, mas não que precisem passar por uma estação antes para realizá-la.

Caso exista algo que precise ser pré-requisito para todas as estações, o professor deve fazer essa explicação diretamente aos alunos antes da divisão em grupos.

Dar tempo suficiente para cada atividade

É comum que algumas estações de aprendizagem terminem um pouco antes que outras e que alguns grupos sejam mais ágeis que outros, entretanto, nenhuma estação pode receber tempo insuficiente.

Então, é interessante deixar uma margem de 2-3 minutos a mais no tempo que o docente julga ser suficiente para realização da atividade. 

A média é de 15 minutos em cada estação, mas nada impede o docente de aumentar ou diminuir o tempo, porém ele deve ser o mesmo para todas as estações e todas as trocas.

Nesse sentido, vamos supor que existam 4 estações e o tempo de aula seja de 80 minutos, cada estação pode ter 15 minutos. O tempo restante deve ser usado para organização da sala e para a explicação inicial do professor.

Atividades distintas, mas complementares

A rotação por estações tem atividades diferentes em cada estação, mas todas elas giram em torno de um único pilar, um único tema central.

Assim, as estações devem complementar, desdobrar, explicar um único assunto central, sem mesclar outros temas que não estejam relacionados ao eixo central.

Por exemplo, se o plano de aula da rotação por estações é sobre o desenvolvimento da redação, não se deve incluir coisas sobre conclusão, introdução ou estrutura da redação como um todo, deve-se focar apenas no desenvolvimento originalmente proposto.

Uso da tecnologia

É ideal que ao menos uma das estações de aprendizagem faça algum tipo de uso da tecnologia, como:

  • Quiz;
  • Jogo educativo;
  • Simulação em um software educacional;
  • Consulta a um tutor online;
  • Digitação de algum texto;
  • Uso do ambiente virtual de aprendizagem.

É possível, inclusive, que o professor utilize tutores online para ajudarem na supervisão das atividades dos estudantes.

Veja como o colégio Fator utilizou o TutorMundi nessa supervisão durante a pandemia!

Gerenciar o tempo da aula

Isso é importante porque na aplicação da rotação por estações tudo é baseado no tempo, por isso separe alguns minutos para:

  • Deslocamento das mesas ou dos alunos até outra sala ou laboratório;
  • Troca das estações;
  • Explicação inicial;
  • Divisão dos grupos;
  • Encerramento da aula

Uma alternativa para economizar tempo na mudança das estações é trocar apenas as atividades, sem fazer os alunos mudarem as mesas, mas, claro, isso depende do que foi escolhido para ser realizado pelos alunos.

7 passos para fazer um plano de aula de rotação por estações de aprendizagem

Professora acompanhando os alunos que usam diferentes materiais para o estudo, aplicando um dos passos para a rotação por estações de aprendizagem.
pexels.com

Assim como tudo na rotina escolar, um bom plano de aula usando rotação por estações precisa ser planejado com cuidado.

Por isso, criamos um passo a passo para ajudar os docentes nessa tarefa inovadora.

1. Defina o tema da aula

Este é o primeiro passo: definir o tema da aula com rotação por estações. Embora pareça simples, essa é uma atividade complexa, pois é preciso escolher um tema que permita a realização de várias estações sem deixar tudo confuso.

É preciso selecionar um tema que permita a ramificação em estações e que, principalmente, a criatividade do professor permita a criação de um circuito dinâmico.

Baixe nosso modelo de plano de aula e facilite o trabalho! 🤩

2. Delimite o número de estações de acordo com o tempo de aula

O tempo é crucial na rotação por estação, portanto é preciso gerenciar bem essa parte da atividade. 

Caso apenas uma aula de 45 minutos seja o disponível para a realização da atividade, 3 estações já serão mais que o suficiente, e colocar mais que isso provavelmente atrapalhará o bom andamento da aula.

Por outro lado, caso duas ou mais aulas estejam disponíveis, é possível colocar até 6 estações de aprendizagem.

Caso seja a primeira aplicação, recomendamos 4 estações como suficientes para que os alunos entendam a dinâmica e para que o professor não se perca na aplicação.

3. Selecione as atividades para cada estação de aprendizagem

Com o número de estações definido e o tema já estabelecido, é o momento então de selecionar as atividades para cada estação.

Mesclar atividades de leitura, resolução de exercícios e alguma atividade digital é interessante porque alterna entre atividades com diferentes níveis de envolvimento.

Entretanto, tudo depende dos objetivos do professor e dos recursos disponíveis.

4. Prepare os materiais que serão utilizados

Esse passo é muito importante para o bom funcionamento da rotação por estações, tudo deve estar preparado com antecedência.

Se há leitura de textos ou livros, eles devem estar impressos ou disponíveis na hora da aula. 

Para as atividades online, os recursos como tablets e wi-fi devem estar funcionais.

Se os alunos forem realizar atividades nos celulares, é bom avisá-los com antecedência para que eles levem os aparelhos à escola.

Banner oferecendo o Guia das Metodologias Ativas para escolas gratuitamente. Podendo auxiliar na aplicação de rotações de estações de aprendizagem.

5. Reserve a estrutura

O docente deve deixar tudo avisado com antecedência caso algum tipo de estrutura fora da sala de aula seja necessária, por exemplo:

  • Uso de projetores extras;
  • Uso dos tablets da escola;
  • Necessidade do espaço do pátio ou do laboratório;
  • Wi-fi liberado para os alunos.

Com a reserva e comunicação com a escola, o bom andamento da aula será mais garantido.

6. Divida os grupos em sala

Em sala de aula, então, é o momento de dividir os grupos.

É interessante não fazer grupos com mais de 8 alunos e o ideal seria grupos de 5, mas claro que isso dependerá da quantidade de alunos em sala e das estações disponíveis.

Os grupos não precisam ter o mesmo número de pessoas, mas é interessante que não fiquem divergências muito grandes inclusive para facilitar a troca de estações.

É possível sortear os grupos ou pedir que eles mesmo se dividam, tudo dependerá das características da escola e das turmas.

7. Gerencie o tempo nas estações e as atividades

Então chega finalmente o momento da aplicação da rotação por estações. Neste momento, o professor dá início às atividades nos grupos e deve gerenciar o tempo, ou seja, avisar aos grupos o momento de trocar de estação.

Além disso, o docente também deve tirar as dúvidas dos alunos e ajudá-los em caso de dificuldades na execução das atividades.

Rotação por estações de aprendizagem: 2 exemplos

Para ajudá-lo no desenvolvimento das suas aulas usando o modelo de rotação por estações de aprendizagem, disponibilizamos abaixo 2 modelos das disciplinas de ciências, matemática e redação.

Exemplo de rotação por estações de Matemática

Em uma aula que o tema seja Estatística e Análise de dados, por exemplo, é possível haver as seguintes estações:

  1. Análise de materiais com vários tipos de gráficos diferentes, pedir que eles pesquisem na internet gráficos sobre assuntos que acharem interessantes;
  2. Nesta estação os estudantes vão resolver exercícios envolvendo a temática. Para ajudá-los nesta tarefa, eles podem contatar um tutor online pelo app TutorMundi;
Foto de uma questão com gráfico e dados,
  1. A terceira estação envolve a importância da análise de dados, em que eles analisam o quanto a estatística é relevante, por exemplo, no esporte, como no basquete, em que os lances mudaram consideravelmente como no gráfico abaixo.
Imagem apresentando dados de uma pesquisa mostrando que "O Jogo Mudou" apresentando os 200 melhores locais de arremessos na NBA, 2001-02 vs. 2019-20.

Cada estação teria cerca de 15 minutos e o circuito completo ocuparia o tempo de uma aula de 50 minutos.

Exemplo de rotação por estações de Língua Portuguesa

Em uma aplicação de rotação por estações na disciplina de Português, na temática de redação, por exemplo, é possível ter as seguintes estações ao estudar sobre a Analogia:

  1. Os alunos leem redações do Enem que utilizaram analogia e fazem anotações do que acham interessante;
  2. Nesta estação, os alunos fazem um quiz sobre analogia e vão percebendo enquanto jogam as características desse tipo de estratégia argumentativa;
  3. Os estudantes, aqui, recebem cards com vários filmes e séries conhecidos, então eles têm que pensar em quais temas de redação utilizariam analogia citando essas obras.
  4. Nesta estação, os alunos contam com a ajuda de um tutor online pelo app TutorMundi para receber uma explicação detalhada do que é analogia e para ajudá-los a elaborar um parágrafo usando essa estratégia.

Para estas 4 estações, o tempo ideal seria de duas aulas, ou seja, aproximadamente 80 minutos.

Como o TutorMundi auxilia na aplicação da rotação por estação de aprendizagem

Jovem usam aplicativos que auxiliam nos estudos, aplicando um dos passos de rotação por estações de aprendizagem.
pexels.com

O TutorMundi é um aplicativo de tutoria digital em que os estudantes têm acesso a tutores das melhores universidades do país na hora.

Os atendimentos ocorrem por chat com textos, áudios, imagens e vídeos, sempre da maneira que o aluno preferir, no ritmo e tempo dele. Além disso, o estudante consegue tirar quantas dúvidas quiser e no momento que preferir, podendo também escolher o tutor que irá atendê-lo. 

Por isso, utilizar o app na aplicação da rotação por estações é uma excelente forma de potencializar o ensino e facilitar o trabalho do professor, já que os alunos nas estações podem consultar os tutores para tirar as dúvidas.

Além disso, é possível pedir que os alunos façam atividades na estação direto com os tutores, como:

  • Resolução de exercícios;
  • Elaboração de um texto em conjunto;
  • Explicação sobre uma matéria ou dúvida específica;
  • Desenvolvimento de um mapa mental;
  • Condução de uma pesquisa e mais.

Ter acesso ao aplicativo faz com que o professor fique mais tranquilo porque há uma ajuda digital tirando as dúvidas nos grupos.

Veja como o Plus Aprendizagens usa o TutorMundi para potencializar o ensino! 💹

Conclusão

A rotação por estações é uma metodologia ativa muito efetiva para ser aplicada em sala de aula.  Não deixe de experimentar utilizá-la em sua escola!Ela pode ser ainda mais efetiva se combinada com o uso do TutorMundi! Que tal experimentar gratuitamente o TutorMundi em alguma atividade em sua escola? Entre em contato com a gente!

Compartilhar esse artigo:

Gostou? Deixe sua opinião

Inscreva-se para receber conteúdos e notícias sobre ensino híbrido e personalização da aprendizagem no seu e-mail toda a semana.

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação