fbpx
Jovens mostrando apoio e união

7 passos para fortalecer a comunidade escolar

Compartilhe

Sumário

Diferencial Competitivo para Escolas

Você sabe o que é comunidade escolar? Ela é um dos pilares da educação. De fato, quando se pensa em escola, uma série de coisas pode vir em mente primeiro: provas, gincanas, recreio, aulas, dever de casa e assim por diante.

Mas, sem dúvida alguma, a escola não se limita a um ambiente com determinadas atividades. Na verdade, só funciona porque conta com pessoas que fazem a rotina acontecer e contribuem para o desenvolvimento dos alunos, tanto como estudantes quanto como indivíduos conscientes dentro da sociedade.

Afinal, o que fazer para fortalecer a comunidade escolar? Como escolher ações a serem desenvolvidas na escola para essa finalidade? Saiba mais sobre o assunto a seguir!

Por que integrar escola e comunidade?

Professores e pais reunidos
pexels.com

Escola e comunidade têm uma relação necessária. Esse envolvimento é o que permite que os alunos tenham consciência a respeito de seu papel como cidadãos e como podem impactar positivamente a sociedade.

Além disso, quando a escola se aproxima da comunidade, pode entender melhor as dificuldades de seus alunos e, assim, atuar para saná-las e oferecer apoio nos pontos mais importantes que somente a família não dá conta.

Essa união ainda permite que a escola tenha uma reputação positiva junto aos moradores da comunidade. Com isso, o serviço escolar como um todo se fortalece.

Como a comunidade participa da escola?

É preciso pensar em um projeto de integração escola-comunidade para que esse envolvimento seja efetivo. O papel desempenhado pelo gestor dentro da comunidade escolar é essencial para que isso aconteça.

Ele será a ponte que reúne e organiza informações, que possam eventualmente se transformar em ação. Ajudará na comunicação entre os dois meios e pensará em como trazer os pais para a escola de maneiras diferentes.

Além disso, ele deve delegar tarefas, manter o corpo docente e diretivo atualizado e administrar os detalhes dos projetos. 

Para que essa participação seja completa, é importante seguir alguns passos.

Leia também >> Guia Diferencial Competitivo para Escolas

7 passos para fortalecer a sua comunidade escolar

Na prática, como fortalecer a comunidade escolar? Com o passo a passo a seguir, os resultados costumam ser excelentes. Veja só!

1.Identifique quem é sua comunidade

Quem faz parte da comunidade escolar? O primeiro passo é identificar os membros e quais são seus papéis dentro do ambiente da escola.

Em geral, a comunidade escolar é composta por professores, diretores, supervisores, colaboradores e alunos, mas isso diz respeito apenas ao público interno.

Lembre-se de incluir a família, o bairro em que a escola está localizada! É importante ter um bom relacionamento com os vizinhos da escola!

Também é preciso ter um relacionamento legal com o município, ou seja, com as autoridades. 

Afinal, a escola está ali para servir qualquer um que queira estudar e o envolvimento deve se estender ao máximo de pessoas que possam contribuir com a educação.

2. Comunique-se com as famílias

Reunião de pais presencial
pexels.com

A reunião de pais é um excelente momento para envolver escola e família. Ela deve acontecer periodicamente, para que esse vínculo seja mantido.

É importante que, nesse momento, os pais possam conhecer o ambiente escolar, conversar com os professores e saber mais sobre os projetos e melhorias da escola. 

Além de descobrirem como podem ajudar, seja com sugestões ou ações, para que tudo se concretize da melhor forma possível e que fique firmada a participação da comunidade escolar na gestão democrática.

Fora isso, é preciso deixar claro que as famílias têm liberdade de comparecer à escola mesmo fora de uma reunião. Deixe horários estabelecidos e reforce que são bem-vindas sempre que quiserem.

É importante também ter uma comunicação com a comunidade fora do presencial, seja mandando mensagens, e-mails ou postando nas redes sociais. 

Usar o marketing educacional digital é um excelente caminho! Fazer memes relacionados à escola, fazer desafios à comunidade escolar nas redes sociais e postar vídeos de coisas interessantes que acontecem na escola são excelentes formas de fortalecer a comunidade escolar.

3. Aproxime-se das autoridades locais

Outra dica importante é fazer com que a comunidade pedagógica se aproxime das autoridades locais. É fundamental que esse contato aconteça para viabilizar novos projetos e oportunidades para a escola.

Também é interessante que as autoridades locais vejam como a escola pode contribuir para a sociedade. 

Esse reconhecimento faz com que a escola ganhe mais visibilidade e, assim, seja mais valorizada e receba mais incentivos para continuar a operar.

Uma forma de aproximar-se deles é marcando visitas aos locais públicos, incluindo essas atividades em um projeto pedagógico. Por exemplo:

  • Levar os alunos para conhecerem a estação de distribuição de água e conversarem com o responsável;
  • Visitar o corpo de bombeiros da cidade;
  • Conhecer o pelotão policial;
  • Visitar a prefeitura, ouvir uma palestra do prefeito.

Além disso, é possível levar um grupo menor de alunos para levar presentes a estes representantes, como algo no dia do policial, no dia do bombeiro, etc.

Diferencial Competitivo para Escolas

4. Homenageie os integrantes da comunidade escolar

Sempre que possível homenageie os integrantes da comunidade escolar. Não apenas em datas comemorativas tradicionais, como Dia dos Professores ou Dia do Diretor.

Parabenize envolvidos em projetos que deram certo, premie simbolicamente quem se destaca e estimule quem precisa se envolver mais. Essa lembrança é importante para demonstrar a importância de cada um na evolução da comunidade.

Lembre-se que avós e familiares também fazem parte da comunidade escolar, por isso, homenageie esses grupos também! Pode ser feito um chá dos avós por exemplo.
Dia das mães, dia dos pais não podem faltar em seu calendário escolar.

5. Faça um evento aberto para a comunidade

É interessante promover eventos que sejam abertos para a comunidade. Veja alguns exemplos de eventos escolares que você pode realizar:

Crianças no pátio com decoração festiva para o evento da comunidade escolar
pexels.com
  • Dia do amigo: faça um evento cheio de brincadeiras, comida e atividades em que os alunos podem levar 1 amigo que não é estudante da escola! Essa é uma excelente oportunidade para chamar atenção de novos alunos também;
  • Cinema: se você tem um auditório espaçoso, fazer uma sessão de cinema é algo bem interessante! Pode-se contratar um carrinho de pipoca para fornecer comida para os que forem assistir ao filme;
  • Festa de 15 anos: se sua escola tiver ensino médio, promover uma festa coletiva de 15 anos para as meninas de seu colégio é uma coisa que traria muita gente da comunidade escolar;
  • Campeonatos: seja de vôlei, futebol, videogame ou xadrez, pode ter certeza que muitas pessoas participariam!
  • Show de talentos: ao realizar um, você dá espaço para toda a comunidade mostrar seus dons e talentos e permite que todos se divirtam!

Organize um cronograma e escolha algumas datas para que essas ocasiões aconteçam. Assim, há tempo para se programar com antecedência e realizar eventos inesquecíveis.

Descubra também >> Guia Diferencial Competitivo para Escolas

6. Prepare sua escola para servir à comunidade

Como a escola pode servir à comunidade? A sua instituição tem um impacto grande na região a qual atende, então deve sempre pensar em algumas formas de colaborar com a comunidade.

Por isso, prepare seus alunos para servir à comunidade! Palestras sobre empatia, amor e cidadania são um começo.

Também é importante fazer a preparação na infraestrutura, por exemplo, ter os meios de transporte para levar os alunos ao serviço comunitário.

7. Realize ações de serviço comunitário

As ações sociais são indispensáveis, porque ajudam os menos favorecidos e evidenciam a importância da consciência social e da prática da cidadania. É algo muito importante para a formação do aluno e para o crescimento da comunidade escolar.

Por exemplo:

  • Recolher lixo de alguma praça;
  • Revitalizar alguma área do bairro;
  • Visitar algum asilo e fazer uma atividade lá;
  • Recolher alimentos para doação;
  • Fazer uma campanha do agasalho para entregar à prefeitura;
  • Fazer apresentações em locais públicos como serenatas e cantatas.

Dessa forma a comunidade saberá que a sua escola está de fato formando grandes cidadãos para servir à cidade!

Conclusão

Como você pode ver, não há como separar escola e comunidade. A comunidade escolar atua em prol da escola e a escola oferece os meios para que essa relação se fortaleça. Portanto, mantenha a frequência em ações que engajam e procure se aproximar ao máximo da comunidade escolar.

Gostou dessas dicas? Aproveite que está aqui e baixe nosso Guia Diferencial Competitivo para Escolas e aprenda mais sobre como fazer a sua escola se destacar.

Compartilhar esse artigo:

Gostou? Deixe sua opinião

Inscreva-se para receber conteúdos e notícias sobre ensino híbrido e personalização da aprendizagem no seu e-mail toda a semana.

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação