gestao escolar

Gestão Escolar para o século 21

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Sumário

A gestão escolar reúne todas as ações necessárias para a administração integral da instituição de ensino. Ela é responsável por gerir os recursos da escola, desenvolver o planejamento e garantir a aplicação do projeto pedagógico.

Para ser efetiva e superar os desafios da escola, a gestão escolar deve promover um trabalho conjunto com todas as esferas escolares  e ouvir as demandas da comunidade escolar.

O gestor deve trabalhar com foco na liderança, de modo que os professores se sintam motivados e valorizados e isso tenha reflexo no bem-estar da escola.

Mas como funciona uma gestão escolar? Quais suas principais ações? Quais os obstáculos que o gestor enfrenta em uma escola? A resposta para essas e outras perguntas estão neste artigo. Uma boa leitura.

O que é a gestão escolar?

O ambiente escolar é composto por pessoas que precisam estar alinhadas a um projeto em comum. Por isso, é necessário um centro capaz de garantir a realização dos objetivos educacionais da instituição.

O termo gestão escolar surgiu para se diferenciar da expressão administração escolar, trazendo para o contexto educacional elementos e conceitos fundamentais para aumentar a eficiência dos processos institucionais e melhorar o ensino.

O bom resultado de uma instituição de ensino está no planejamento estratégico, o que não se limita ao lado técnico da administração. O gestor também precisa entender seu posicionamento de mercado e atender às demandas da comunidade escolar.

A gestão escolar também está ligada à liderança. É trabalho dela  gerir pessoas, encontrando caminhos para aumentar a motivação de seus colaboradores e influenciar e inspirar o grupo que participa da vida escolar.

Qual é o papel do gestor?

O gestor desempenha um papel de liderança na escola. Ele é mais do que um técnico especialista em sua área de atuação, pois ocupa funções que envolvem responsabilidades que são decisivas para o sucesso da instituição.

Ele  é responsável por elaborar um planejamento estratégico, ou seja, traçar as diretrizes que vão guiar as ações da escola em direção aos objetivos.

Também também deve ter uma boa relação com seus colaboradores, com comunicação eficiente e respeito.

Esse cargo exige dedicação para estar sempre se aperfeiçoando no que há de novo no mercado, e, para isso, o gestor deve conhecer a fundo a escola que trabalha e saber suas necessidades.

São competências do gestor escolar:

  • Desempenhar liderança e motivar sua equipe;
  • Prezar pelo cumprimento do Projeto Político Pedagógico.
  • Garantir o cumprimento do calendário escolar;
  • Valorizar o trabalho dos profissionais da escola;
  • Criar espaço para diálogo entre a escola e a comunidade escolar;
  • Ter uma gestão transparente dos recursos da escola.

Como funciona a gestão escolar?

Podemos dividir a gestão escolar em algumas áreas estratégicas que são responsáveis por gerir setores importantes da escola:

gestão escolar

Gestão Pedagógica

A gestão pedagógica da escola é um dos principais pilares da gestão escolar. Ela é a responsável pela aplicação do Projeto Político Pedagógico da escola, pelo currículo e demais processos de aprendizagem.

Entre as atividades da gestão pedagógica, podemos destacar:

  • Elaboração do currículo;
  • Aplicação das metodologias de ensino;
  • Gestão dos professores;
  • Melhoria das práticas educacionais;
  • Implementação do PPP.

Gestão Administrativa

A gestão administrativa é responsável por gerenciar o patrimônio da escola, a estrutura física e a saúde financeira da instituição. As principais atribuições da gestão administrativa são:

  • Garantir o cumprimento das leis educacionais;
  • Manutenção do patrimônio da escola;
  • Gerir a organização entre os setores da instituição.
  • Tomada de decisões.

Gestão Financeira 

A gestão financeira da escola é ligada aos recursos financeiros e suas aplicações.

É o setor responsável por planejar investimentos na infraestrutura, pagamento de funcionários e professores, recebimento de mensalidades, entre outras funções.

  • Fazer levantamento de despesas;
  • Destinar os recursos da escola;
  • Gerenciar mensalidades e inadimplência;
  • Gerir a folha de pagamento da escola.

Gestão de eficiência

A gestão de eficiência trabalha para garantir que a escola apresente níveis satisfatórios de qualidade de ensino e produtividade.

É um setor estratégico, que envolve o trabalho de pesquisa, análise de dados, entrevistas, entre outras abordagens.

  • Levantamento de relatórios sobre desempenho;
  • Diagnóstico de problemas da escola;
  • Análise de dados educacionais;
  • Criação de planos de ação para melhorar a qualidade da escola.

Saiba mais >> Avaliação diagnóstica: como ela pode ajudar a sua escola

Gestão de pessoas

Também conhecida por gestão de recursos humanos, esse setor atua diretamente na relação entre as pessoas da instituição.

É o setor responsável pelo recrutamento de novos profissionais, atendimento de pais e alunos, gerenciamento de questões trabalhistas etc.

  • Contratação de funcionários;
  • Relação com o cliente;
  • Gestão de matrícula de novos alunos;
  • Atendimento de demandas dos colaboradores.

Gestão de comunicação

Por fim, um dos setores que atuam na gestão escolar é a comunicação. Esse setor é responsável por toda a comunicação institucional da escola, pelo contato com os pais e alunos, além de pontes com a comunidade escolar e a imprensa.

A gestão de comunicação também atua no marketing institucional, divulgando os serviços que a escola oferece e captando novos alunos. São atividades da gestão de comunicação:

  • Comunicação institucional com os pais;
  • Planejamento de marketing da escola;
  • Gerenciamento de redes sociais;
  • Atendimento à imprensa.

Quais são os desafios da gestão escolar?

A gestão escolar não é uma tarefa trivial. Como vimos anteriormente, ela envolve a integração de vários setores da escola, que devem trabalhar para garantir a qualidade da educação. Listamos alguns desafios que acompanham a gestão escolar:

Motivação dos professores

O professor é o profissional que está a frente da aplicação das metodologias educacionais e tem diálogo mais próximo com os alunos. Por isso, um dos desafios da gestão escolar é manter o professor motivado e engajado com o sucesso da instituição.

O docente  se sente valorizado quando a escola oferece recursos e meios para lecionar, tem uma administração transparente e mantém uma boa relação com a comunidade. Por outro lado, a sobrecarga de trabalho e estrutura irregular promovem o contrário.

É importante que a escola invista na formação continuada dos professores, através de cursos de capacitação e estimule a participação. Além disso, um espaço democrático, em que  o educador tenha voz, também colabora na construção de um ambiente motivador.

Saiba mais >> Habilidades do professor no ensino híbrido

Escolha de tecnologias de ensino

As escolas precisam ter tecnologias de ensino adequadas para a aplicação das metodologias em sala de aula e que gerem resultados significativos na aprendizagem.

A gestão escolar deve estar atenta a todas as novidades que o mercado disponibiliza, mas também buscar tecnologias que tragam benefícios reais ao ensino.

Saiba mais >> Dicas de gestão escolar na educação remota e híbrida

Respeito à diversidade

A gestão escolar deve trabalhar para promover um ambiente saudável para todos, com o objetivo de reduzir já na infância problemas graves como o racismo e o preconceito.

A escola deve investir em ações de inclusão nas escolas, como: atividades e conteúdo educativo que estimulem o debate sobre temáticas sociais e culturais.

Promover a acessibilidade

A escola precisa promover um espaço acessível, não apenas em sua estrutura, mas também com profissionais preparados para receber alunos que apresentem deficiências físicas, déficit de aprendizagem ou outros limitadores.

A acessibilidade também deve estar presente nas ações educativas, promovendo uma consciência de inclusão entre os estudantes que vão acolher os colegas.

Encontrar um diferencial competitivo

Diferencial competitivo é o conjunto de características que diferenciam a escola das demais. Em outras palavras, é a abordagem educacional, metodologia de ensino ou infraestrutura que fazem da sua escola única.

O diferencial competitivo agrega valor para a escola e influencia na escolha dos pais e responsáveis.

Para saber como agregar um diferencial que destaque a sua escola, faça uma análise da concorrência. Observe quais são os pontos fortes e fracos das escolas concorrentes e construa a estratégia que vai diferenciar a sua instituição das outras.

Com a pandemia de COVID-19, pais e alunos estão buscando escolas que oferecem ensino híbrido, munidas de tecnologias educacionais. Alguns dos diferenciais mais buscados em escolas são: 

e-book ensino híbrido

Como tornar a gestão escolar eficiente e saudável?

Selecionamos algumas dicas que podem ajudar a tornar a gestão escolar mais efetiva e com bons resultados para a instituição e para as pessoas que convivem na escola.

Tenha um planejamento estratégico

É fundamental levantar um diagnóstico dos principais problemas da escola para criar um planejamento estratégico com ações para curto, médio e longo prazo.

Assim, a partir desse planejamento, a escola terá uma ferramenta importante para traçar o caminho que será trilhado em todas as esferas da gestão escolar, otimizando o trabalho de todos.

Transparência com o projeto pedagógico

O projeto político pedagógico é um documento que apresenta de forma clara e objetiva qual é a proposta pedagógica da escola e como ela pretende alcançá-la.

Por isso é importante manter esse documento acessível para toda a comunidade escolar, oferecendo maior transparência nesse processo.

É muito importante oferecer o treinamento adequado para professores e funcionários da escola para que eles tenham condições de aplicar as metodologias de ensino apontadas no PPP. 

Valorizar a comunicação

A gestão de comunicação tem o papel primordial de conectar as pontas do ambiente escolar, aproximando coordenadores, professores, pais e alunos.

Investir em ferramentas que facilitem a comunicação, como redes sociais, quadros de aviso, sites, documentos e profissionais especialistas em comunicação é fundamental.

Conclusão

Portanto, a gestão escolar surgiu para descentralizar o trabalho de gerir os recursos da escola, atribuindo responsabilidades para setores a partir de um planejamento estratégico.

Logo, é papel da gestão promover um ambiente saudável na escola, em que  os professores e alunos se sintam motivados e que haja  satisfação para todos os pais e responsáveis.

Uma gestão escolar eficiente é um diferencial para a sua instituição de ensino. Dessa forma, toda a comunidade escolar ganha com os benefícios de uma boa administração.

Fontes

Dimensões da Gestão Escolar

Gestão escolar Proesc

Compartilhar esse artigo:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Rodrigo Dutra

Rodrigo Dutra

Estrategista de marca e especialista de conteúdo, minha missão é encontrar formas de flexibilizar e personalizar o aprendizado para que alunos irem além de seus potenciais.

Gostou? Deixe sua opinião

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação