plantao de duvidas

Repense o plantão de dúvidas na sua escola para 2021

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Sumário

Cada estudante tem um ritmo de aprendizagem diferente e por isso, muitas vezes, as aulas tradicionais não conseguem atender a demanda de todos os alunos em relação aos conteúdos que estão sendo estudados.

Sendo assim, o uso de ferramentas, como plantão de dúvidas, é um importante aliado para melhorar o desempenho escolar dos alunos.

Realizado fora do horário de aulas, no contraturno, o plantão auxilia os alunos a solucionarem as dúvidas que atrapalham o andamento de seu aprendizado. 

Essa ferramenta pode ser um grande diferencial para a sua escola e, neste post, vamos explicar como montar um plantão de dúvidas eficiente.

O que é um plantão de dúvidas?

O plantão de dúvidas é um espaço dedicado a auxiliar os alunos com alguma dificuldade de aprendizagem, proporcionando reforço escolar.

Ele também é utilizado como uma ferramenta para fixação do conteúdo trabalhado em sala de aula e para a melhorar o desempenho escolar dos alunos.

O plantão de dúvidas não é uma aula, mas sim, um momento de atendimento individual por meio do qual alunos podem tirar dúvidas pontuais sobre matérias ou exercícios específicos.

O plantão de dúvidas tradicional acontece em espaço e horário pré-definidos e tem duração específica. Entretanto, o ideal é que ele aconteça durante todo o ano letivo, não se restringindo ao suporte para provas e vestibulares.

Através do apoio de professores ou estagiários, o plantão permite o desenvolvimento de uma rotina de estudo para os alunos, que os torna mais confiantes e seguros para acompanhar a evolução das disciplinas sem grandes barreiras e dificuldades de aprendizagem.

Por que criar um plantão de dúvidas na sua escola?

Um dos grandes problemas do ensino básico é o desnível de conhecimento, e esse problema se acentua a partir dos Anos Finais do Ensino Fundamental.

No ano de 2019, os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) ficaram abaixo da meta definida pelo Plano Nacional de Educação (PNE) para a qualidade da Educação Básica.

Esse índice é calculado a partir da taxa de rendimento escolar (aprovação) e do desempenho no exame aplicado pelo Inep, a Prova Brasil, para escolas e municípios, e o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

IDEBResultado 2019Meta 2019
Anos Iniciais do Ensino Fundamental5,95,7
Anos Finais do Ensino Fundamental4,95,2
Ensino Médio4,25,0

Os resultados apontam, portanto, para a necessidade de atenção nos Anos Finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio, faixas indicadas para trabalhar com o Plantão de Dúvidas.

Um dos motivos para o desnível de conhecimento são as dúvidas não atendidas. Elas acontecem por diversos fatores, entre eles:

  • Falta de atenção na aula: Se o aluno não prestar atenção no professor – o que não é difícil devido ao alto número de estudantes por sala – ele não terá dúvidas durante a aula. Logo, em casa ele não conseguirá desenvolver as atividades e ficará para trás no conteúdo.
  • Vergonha de perguntar: Os alunos ficam inseguros para fazer perguntas durante a aula, pois podem parecer incapazes para seus colegas.
  • Dificuldade de formular uma pergunta: Uma vez que a dúvida surge, o aluno pode não saber como estruturar sua pergunta.

Nesse contexto, o plantão de dúvidas e ferramentas como a tutoria online, que aproximam o aluno de tutores especializados, ajudam a superar as dificuldades individuais.

Como montar um plantão de dúvidas?

É importante considerar alguns fatores na hora de iniciar o plantão de dúvidas na sua escola.

Para que a ferramenta tenha bons resultados, com alunos engajados e professores satisfeitos, o planejamento deve considerar alguns princípios básicos:

1. Escolha do local

O plantão de dúvidas deve acontecer em um local confortável e silencioso, que garanta espaço para os alunos se organizem de forma individual ou em pequenos grupos.

A escola pode utilizar salas de aula disponíveis, biblioteca ou salas de estudo. É importante que não atrapalhe as outras atividades.

No contexto de pandemia, escolas também têm se aventurado com plantões online, disponibilizando um calendário de atendimentos virtuais para os alunos.

Essa pode ser uma boa opção, também, para escolas com menos espaço ou em modelos híbridos de ensino.

Vale ressaltar que a utilização de espaços que tenham computadores e internet disponíveis, para a realização do plantão, pode ser vantajosa. Ferramentas digitais, como ferramentas de busca e de vídeos, auxiliam na explicação e na aplicação prática do conteúdo.

2. Definição do cronograma

É importante que o plantão de dúvidas seja uma atividade presente no calendário letivo e que esteja disponível para o aluno quando ele precisar. 

Sua regularidade deve se adequar à proposta pedagógica da escola, de acordo com as necessidades dos alunos e o cronograma dos professores.

3. Disciplinas e professores

A quantidade de disciplinas disponíveis em um plantão de dúvidas deve considerar a estrutura da escola, o número de docentes e o orçamento para contratação de professores auxiliares ou estagiários.

Em escolas menores, o plantão de dúvidas pode ser realizado para as matérias que os alunos têm mais dificuldade, como português e matemática, enquanto instituições maiores podem oferecer um número maior de disciplinas.

4. Turmas e Horários

Preferencialmente o plantão deve acontecer fora do horário de aulas, no contraturno, e estar disponível para alunos a partir dos anos finais do Ensino Fundamental.

Novamente a disponibilidade de turmas e horários deve levar em conta a estrutura e a capacidade financeira da escola. No caso da limitação de espaços e professores, o plantão de dúvidas deve priorizar os estudantes do Ensino Médio.

5. Divulgação para os alunos

O sucesso do plantão de dúvidas depende de um bom engajamento dos estudantes. Eles precisam saber que o plantão está disponível sempre que precisarem e não apenas nas vésperas dos exames.

O planejamento deve começar no início do ano letivo e ser compartilhado com pais e alunos, apresentando a proposta e incentivando o comparecimento dos estudantes.

cronograma plantão de dúvidas

Quais os problemas na gestão do plantão de dúvidas?

O plantão de dúvidas é uma ferramenta importante para diminuir o desnível de conhecimento entre os estudantes, mas apresenta alguns desafios em sua implementação. 

Além da necessidade de investimento em um quadro de professores de apoio e de espaços presenciais para os encontros, outros fatores influenciam no sucesso do plantão de dúvidas a longo prazo.

Sobrecarga dos professores

Cada aluno tem dificuldades específicas e pode demandar maior ou menor atenção dos professores para atender todas as demandas.

Por isso, caso a escola não tenha condição de contratar professores de apoio, o quadro docente regular pode ficar sobrecarregado.

Leia mais >> 10 habilidades que transformam o papel do professor no ensino híbrido

Pouca flexibilidade

Em um cronograma de plantão de dúvidas fixo, alguns cenários podem trazer problemas de atendimento.

Muita demanda gera filas – quando o plantão é muito procurado, como nas vésperas das avaliações, as filas podem impedir o atendimento para todos os alunos. As matérias mais procuradas também tem mais demanda, e o plantão acaba não atendendo a todos.

Baixa demanda gera plantonista ocioso – Para disciplinas com menor procura, ou em períodos fora do calendário de provas, o professor de plantão pode ficar ocioso.

Além disso, plantões presenciais e com hora marcada são barreiras para tirar dúvidas dos alunos. A dúvida precisa ser solucionada na hora que ela surge.

Dificuldade de deslocamento – Como o plantão ocorre em um local fixo – na escola – muitos alunos têm dificuldade de deslocamento, afinal, muitas vezes eles dependem dos pais para o transporte e nem sempre os responsáveis possuem tempo para os levarem.

Gestão pedagógica

A gestão pedagógica precisa encontrar maneiras de acompanhar o plantão de dúvidas, verificando sua efetividade e possíveis melhorias. De nada valerá se a ferramenta foi implementada e não gerida.

A grande questão é que encontrar formas de acompanhar o plantão e mensurar sua efetividade não é uma tarefa fácil. 

Uma nova forma de pensar o plantão de dúvidas

O plantão de dúvidas tradicional ainda está muito ligado à atividade presencial na escola, com espaços físicos e horário definido. Além disso, o plantão de dúvidas demanda que o professor disponibilize parte da sua carga horária para atender os alunos um a um.

Plantão de dúvidas online

A pandemia, que atingiu o Brasil em 2020, trouxe inúmeras mudanças para a educação e para as escolas do país. 

Com a necessidade de se afastar dos espaços físicos, as escolas precisaram adaptar não só os modelos de ensino, mas também, os plantões presenciais. Para isso, passaram a realizar plantões de dúvidas online.

Porém, a adaptação não aconteceu da maneira esperada. A realização dos plantões de dúvidas online impôs uma série de desafios para a gestão escolar, como:

  • Disponibilizar professores ou tutores em horários diversos para atendimento dos alunos;
  • Garantir a comunicação efetiva entre tutores e alunos durante os plantões virtuais;
  • Garantir a criação de um espaço seguro e confortável para o aluno tirar suas dúvidas;
  • Garantir a participação dos alunos nos plantões online.

Diante das dificuldades impostas pela adaptação dos plantões de dúvidas tradicionais para o formato online, as escolas passaram a procurar novas maneiras de realizar esta atividade durante o ensino remoto.

Uma ferramenta que pode substituir o plantão de dúvidas nas escolas, de maneira otimizada, durante o ensino remoto e, também, durante o presencial, com atendimento personalizado para os alunos, é a tutoria online sem agendamento.

história de sucesso colégio fator

Tutoria online sem agendamentos

Sem horário marcado e ao alcance da mão, a tutoria online permite que os estudantes tenham contato com especialistas da disciplina que está sendo estudada. 

Estes especialistas ajudam os estudantes, imediatamente, a chegarem às soluções para as suas dúvidas.

Uma das ferramentas de tutoria online sem agendamento é o TutorMundi: edtech listada pela revista Forbes como uma das 100 startups de educação mais inovadoras da América Latina. 

Com o TutorMundi, seus alunos podem se conectar com tutores das melhores universidades do país na hora, 24/7, através de um aplicativo, sem precisar de agendamento.

Os atendimentos acontecem sob demanda, só quando os alunos precisam. Sem filas e sem professor ocioso.

Benefícios da tutoria online

A tutoria online é uma ferramenta para complementar o conteúdo de sala de aula. Com ela, é possível:

  • Elucidar dúvidas em exercícios
  • Explicar o conteúdo usando outra linguagem
  • Identificar e tratar dificuldades pontuais
  • Alunos mais avançados têm acesso a tutores para se aprofundar em conceitos
  • Os alunos têm à sua disposição diversos tutores das melhores universidades
  • O aluno vira protagonista do seu aprendizado
  • Corrigir redações
  • Praticar uma segunda língua (inglês ou espanhol)
  • Resolver exercícios de vestibulares

De forma descontraída os alunos recebem ajuda em várias disciplinas, o que melhora, muitas vezes, não apenas o rendimento escolar, mas também a autoestima dos estudantes.

Além disso, como o contato é pessoal, o aluno desenvolve uma relação de amizade com o tutor, o que torna o aprendizado ainda mais fácil e divertido para o aluno.

Ensino Personalizado

O TutorMundi também é uma poderosa ferramenta para personalizar o ensino.

Conheça 10 ferramentas para personalização do ensino ao redor do mundo

O estudante pode avançar seu estudo nos temas que têm mais facilidade, enquanto busca o caminho ideal para aprender assuntos que possuem mais dificuldade.

O aplicativo também permite enviar questões através de vídeo, fotografia ou texto, ou seja, o aluno pode escolher a forma que melhor entende o conteúdo. 

como funciona o tutormundi

Tempo de atendimento

O atendimento no TutorMundi é disponível 24 horas por dia, 7 dias na semana, com um tutor disponível na hora que surge a dúvida.

O tempo para cada atendimento depende do nível de dificuldade da questão e das habilidades que o aluno possui para cada competência. 

No aplicativo, o aluno pode tirar uma dúvida pontual que consumirá alguns minutos ou se aprofundar em algum conceito com o tutor, podendo até levar horas.

Quantidade de matérias disponíveis

Sem limitações de agendamento e horário de monitores escolares, as escolas conseguem oferecer suporte em matérias em que haja pouca demanda por parte dos alunos sem precisar montar uma estrutura robusta. 

A plataforma tem tutores de todas as matérias do ensino fundamental 2 e do ensino médio: matemática, português, redação, física, química, biologia, filosofia, história, inglês, espanhol, geografia e sociologia. 

Entenda as competências da BNCC para língua portuguesa

tutora thais bennet tutormundi

“O aluno pode ter dúvidas de todas as disciplinas. Dessa forma, mesmo que a assinatura da tutoria seja focada em uma disciplina, como matemática, o estudante terá acesso a todas as outras, o que melhora o rendimento escolar como um todo.”

Thais Bennet – Tutora TutorMundi

Processo seletivo rigoroso

O TutorMundi tem 2000 tutores cadastrados. Todos eles vêm das melhores universidades do país, entre elas a USP, UFSC, Unicamp, ITA e a UFRJ. 

Para dar aulas na plataforma, os tutores passam por um rigoroso processo de seleção. O processo seletivo se dá da seguinte maneira:

  1. Análise curricular, comprovando a experiência e a idoneidade do tutor. 
  2. Prova de conhecimentos específicos para cada disciplina. 
  3. Treinamento didático e pedagógico para o atendimento dos alunos
  4. Avaliação dos alunos.

A avaliação dos alunos se dá depois de cada atendimento. Através dela, o aluno avalia como foi sua experiência.

Os tutores com baixa performance nos atendimentos são automaticamente removidos da plataforma, garantindo ainda mais a qualidade no atendimento. 

Como o TutorMundi ajuda o professor?

O TutorMundi gera relatórios para o corpo docente que ajudam na tomada de decisão. Eles guardam informações sobre as principais dúvidas dos alunos – classificadas por matérias e tópicos – e disponibiliza os dados de forma clara.

Os dados ajudam a gestão escolar a desenvolver um plano de ensino personalizado, a partir da identificação dos pontos fortes e fracos  e de que forma o aluno tem um melhor desempenho.

Com esses dados, é possível planejar aulas de revisão – priorizando os conteúdos que mais tiveram dúvidas em uma sala de aula – e atender às demandas dos alunos de forma mais incisiva.

Conclusão

Portanto, o plantão de dúvidas e a tutoria online são ferramentas capazes de reduzir o desnível de conhecimento na sua escola. 

Eles têm demandas específicas, e cabe a gestão escolar entender qual a melhor estratégia para atender os alunos na solução de dúvidas.

Independente da escolha, o resultado que essas ferramentas trazem para o processo ensino-aprendizagem faz valer o investimento, com alunos satisfeitos e mais confiantes em sua jornada.

Fontes 

Atividades de monitoria: uma possibilidade para o desenvolvimento da sala de aula

O QUE É MONITORIA

Plantão de dúvidas – uma importante ferramenta de estudo

Compartilhar esse artigo:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter
Rodrigo Dutra

Rodrigo Dutra

Estrategista de marca e especialista de conteúdo, minha missão é encontrar formas de flexibilizar e personalizar o aprendizado para que alunos irem além de seus potenciais.

Gostou? Deixe sua opinião

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação