fbpx
Alunas estudando juntas com cadernos e notebook

Uso da tecnologia na educação: 3 exemplos para aplicar

Compartilhe

Sumário

Intervenções Pedagógicas para Aulas Online

Escolas inovadoras vêm sendo desenvolvidas a cada dia, pensadas para facilitar o aprendizado e torná-lo mais moderno. Nesse contexto, o uso da tecnologia na educação é muito valorizado. Assim, melhorias são garantidas tanto na área de aprendizagem quanto na área administrativa de uma instituição de ensino.

Tal nova realidade, de transformação digital, exige que profissionais da educação (e, na realidade, de qualquer outra área) sejam maleáveis e percebam os benefícios da tecnologia na educação.

Em nosso artigo, você vai conferir 3 exemplos incríveis sobre o uso da tecnologia na educação para se inspirar e ver como a aplicação prática desse conceito acontece. Quer saber mais? É só continuar com a leitura!

O uso da tecnologia na educação?

A união entre o conteúdo e os novos meios de lecionar é o que faz com que a tecnologia na educação tenha estabelecido uma nova forma de ensino. 

Você sabe qual é a importância do uso desses novos conceitos e o impacto da tecnologia na educação

Na atualidade, os alunos já entram na educação infantil conectados à internet, às redes sociais, e os aplicativos já se tornaram uma extensão da realidade física.

Isso se mostra como um verdadeiro desafio para escolas e professores. Afinal, atrair o aluno da geração Z para se engajar em uma aula se torna um pouco mais difícil.

Por isso, no momento, a necessidade é de atualizar métodos de ensino, e isso é conseguido por meio da tecnologia.

Tecnologia e educação, portanto, assumem uma relação cada vez mais próxima nos tempos modernos. A insistente atualização de ferramentas na comunicação, por exemplo, é um sinal de que a aprendizagem pode (e deve!) ser repensada.

A importância da tecnologia na educação

Toda a importância do uso da tecnologia na educação está exatamente nesse ponto: as instituições devem se adaptar a esse novo momento, deixando de tratar a tecnologia como um diferencial, mas como um meio de contribuir para com o aprendizado.

Mesmo em escolas mais tradicionais, há diversas formas de se combinar o ensino mais clássico com ferramentas digitais.

O papel da tecnologia na educação é o de facilitar o acompanhamento individualizado enquanto personaliza o processo de ensino-aprendizagem. 

Leia também >> Mapeamento Edtechs de Educação Básica do Brasil  

Da mesma forma, a tecnologia em sala de aula traz mais estímulo à autonomia, dá o “controle” na mão do próprio aluno e permite que ele seja o próprio construtor de seu conhecimento.

Assim, o aprendizado fica mais dinâmico, ocorrendo em equipes, por meio de jogos e outras atividades. Como resultado, o trabalho dos educadores fica mais fácil.

As vantagens da junção entre tecnologia e educação são para todos, sem nenhuma exceção.

Diante disso, não há como negar que, em ambientes educacionais, a inovação tecnológica tem grande importância. A tecnologia na educação oferece novos meios de ensinar, integrando diversas habilidades e competências em cada uma das atividades conduzidas em sala de aula.

O potencial da tecnologia

Além disso, é possível afirmar que o potencial da tecnologia em sala de aula é gigante, visto que as inovações tecnológicas surgem a cada dia.

Cada vez mais, os alunos podem conduzir, de modo independente, atividades pela internet. Na palma da mão, é possível estudar, ter acesso a aplicativos e a sites que oferecem mais conhecimento para os estudantes.

Exatamente por isso, o uso de recursos tecnológicos é visto, hoje em dia, como um aliado dos educadores e não o contrário, especialmente quando consideramos o que ainda está por vir.

Intervenções Pedagógicas para Aulas Online

3 Exemplos de tecnologia na educação

A tecnologia na educação funciona como uma poderosa ferramenta facilitadora. A seguir, vamos mostrar de forma prática três exemplos de tecnologias digitais na educação. Veja mais!

Ambiente virtual de aprendizagem

Os ambientes virtuais de aprendizagem, também chamados pela sua sigla AVA, consistem em softwares ou plataformas que permitem a realização de atividades online, tanto de forma síncrona como assíncrona.

No AVA, a distância não é um problema. Além disso, a comunicação, a realização de exercícios, a explicação de conteúdos e uso de demais ferramentas é feito por meio de uma comunidade virtual.

O ambiente virtual de aprendizagem provém aos professores e aos estudantes acesso às aulas de qualquer lugar, sendo exatamente esse o diferencial com relação às aulas presenciais. 

Incentiva a personalização do ensino

O ambiente virtual de aprendizado estimula o sentimento de protagonismo no aluno, pois o aluno é estimulado a ter autonomia sobre o próprio aprendizado.

Ele pode escolher quando prefere realizar o estudo, assistir às aulas (se forem assíncronas) e controlar os prazos por si só.

Dessa forma, o aluno tem a oportunidade de desenvolver a responsabilidade ao gerenciar o próprio tempo.

Ajuda no desempenho estudantil

O desempenho também é beneficiado no AVA. Afinal, os alunos podem reassistir às aulas no modelo do ambiente virtual.

Em geral, as plataformas disponibilizam as videoaulas (gravadas ou ao vivo) para que os estudantes possam revisar quando for necessário tanto no computador quanto no celular.

Auxilia o acompanhamento individual

Por conta da individualidade e da independência do aluno serem valorizadas, é mais fácil fazer um acompanhamento de cada aluno. Assim como acompanhar o desenvolvimento da turma como um todo.

Os relatórios de desempenho, tão importantes para os professores e para a gestão da escola, também ficam no sistema. 

Assim, ao monitorar o progresso e desempenho do aluno, é possível ter um diagnóstico preciso do nível estudantil, e entrar com estratégias de intervenção pedagógica assim que possível, evitando a evasão escolar.

Atua em colaboração ao ensino presencial

Por fim, a papel do AVA é complementar o processo de ensino e a interação da escola, sem que haja necessariamente substituição.

Essa ferramenta pode ser utilizada em modelos híbridos de ensino, por exemplo.

O conteúdo ministrado pode ser disponibilizado para complementar o que já foi ensinado em sala de aula presencialmente, por exemplo. Tudo isso vai depender e variar de acordo com cada instituição de ensino.

Confira também >> Mapeamento Edtechs de Educação Básica do Brasil  

Tutoria online

A tutoria online, por sua vez, é uma forma de reforço escolar, na qual o aluno aciona um tutor online e tira dúvidas acerca da matéria. Ela tem diversos benefícios:

  • Gera uma comunicação mais interativa; 
  • Torna desnecessário o deslocamento para poder aprender;
  • Traz comodidade, já que um tutor online pode ser facilmente acionado por meio das plataformas.
  • Incentiva a adesão do estudante pela facilidade de acesso.

Assim, a tutoria é uma forma de intervenção pedagógica que visa ajudar no desempenho estudantil. No entanto, não exclui a escola ou o trabalho dos professores. Na verdade, é um modo de complementar o trabalho que já é feito na instituição de ensino.

Aluna usando celular e livros para estudar. Pesquisando através da tecnologia.

pexels.com

Afinal, as tecnologias são boas aliadas nessa jornada de fazer um bom acompanhamento, individualizado e mais centrado nos problemas daquele aluno em questão.

TutorMundi

Um exemplo de ferramenta de tutoria online é o TutorMundi.

No TutorMundi, ferramenta de tutoria online, os estudantes contam com tutores egressos das melhores e principais universidades brasileiras, sempre que for necessário.

 O nosso processo de seleção de tutores é rigoroso com a finalidade de sempre selecionar os melhores.

A nossa plataforma dispõe de relatórios pedagógicos completos de desempenho, o que permite aos alunos saberem suas maiores dificuldades, o que ajuda no estudo direcionado.

Objetos digitais de aprendizagem

Como outros exemplos de tecnologias digitais na educação, temos os objetos digitais de aprendizagem. Este termo diz respeito a recursos de apoio ao ensino que podem ser presenciais ou à distância.

Tais objetos, por serem digitais, têm relação com a tecnologia na educação e são usados por professores para complementar e facilitar o ensino.

Trabalhar conteúdos com a ajuda da tecnologia facilita o processo de aprendizagem, despertando maior interesse e atenção e podem ser usados para estudar fora da escola.

Videoaulas

O primeiro (e mais famoso) recurso de que vamos falar são as videoaulas. Seja na educação infantil, ensino médio e até em aulas de universidade, as aulas em vídeo com conteúdo educativo ajudam a chamar a atenção dos alunos de modo diferente.

Uma grande vantagem é o fato de permitir a repetição (caso não seja assíncrona) e facilitar as revisões posteriores.

Jogos na educação

A gamificação na educação é um assunto do momento que tem ganhado bastante destaque nas salas de aula como objeto digital de aprendizagem.

Basicamente, é um modo de incorporar jogos nas atividades conduzidas no ambiente escolar, trazendo para o aprendizado um interesse renovado dos alunos, e de quebra utilizando a tecnologia nesse processo de ensino.

Essa estratégia pode utilizar de meios não tecnológicos também, mas as ferramentas mais modernas de gamificação ajudam na abordagem dinâmica e trazem uma motivação extra aos alunos.

Além disso, os jogos aliados ao aprendizado melhoram a autonomia do estudante e trazem vantagens competitivas para a instituição de ensino também.

Livros online

Hoje em dia, não é incomum encontrar um aluno que afirma não gostar de ler, mas muitas pessoas passam horas consumindo conteúdos escritos em seus celulares e tablets.

Exatamente por isso, os livros online servem para juntar o útil ao agradável e incentivar o hábito da leitura nos alunos.

Também chamados de e-books, são uma ferramenta excelente para colaborar com o aprendizado em diversas fases da vida escolar. Com a vantagem de serem mais baratos (na maioria das vezes, providos pelas escolas) e atualizados com mais frequência.

Demais ferramentas online

Por fim, existem diversos outros objetos virtuais de aprendizagem que podem ser utilizados para captar a atenção de um aluno de modo facilitado.

Podemos citar os dicionários online, por exemplo. Quem estuda um idioma ou até mesmo precisa de uma ajuda nas aulas de português pode contar com diversas ferramentas disponíveis online para tal.

5 benefícios do uso da tecnologia na educação

Com o que vimos até agora, é perfeitamente possível perceber como as inovações tecnológicas possibilitaram a criação de algumas ferramentas que podem ser utilizadas em sala de aula. A tecnologia em sala de aula trouxe novidades para os alunos e para os educadores.

Seus impactos positivos na educação são sentidos, portanto, em toda a comunidade escolar.

pexels.com

A seguir, veja 5 benefícios da tecnologia na educação!

Facilita o gerenciamento do trabalho para os educadores

Hoje em dia, a atenção dos alunos está cada vez menor, devido a toda a tecnologia a que estamos constantemente expostos desde a infância.

Por isso, o trabalho do professor é tornar as aulas mais envolventes e pode se utilizar da tecnologia para isso, o que facilita inclusive o trabalho do educador.

A tecnologia, além disso, ajuda na criação de planos de aula, elaboração de relatórios de desempenho, ações de intervenção pedagógica e demais estratégias que dizem respeito à melhoria do ensino.

Em suma, com o uso da tecnologia, o trabalho dos educadores é otimizado para que possam se atentar a fatores importantes com mais eficiência: o acompanhamento individual, o feedback e o desenvolvimento de habilidades para o ensino.

Desenvolve a autonomia e protagonismo do aluno

Incorporar a tecnologia no dia a dia do aluno, mas em um contexto de aprendizado, traz a ele mais autonomia e protagonismo. 

Essa autonomia beneficia na formação de crianças e adolescentes, que já nasceram “conectados”. A interação online é incorporada em sua rotina para além de redes sociais e diversão, mas como uma poderosa ferramenta de estudo.

Com as tecnologias sendo um meio de personalização do ensino, o aluno pode escolher quando estudar, por exemplo. Ele pode adaptar suas atividades à rotina a fim de melhor lhe atender.

Desse modo, a autonomia é exercitada, e o estudante logo entende que muito de seu desempenho tem relação com sua própria iniciativa.

Impulsiona o crescimento escolar

Existem diversos benefícios pedagógicos de incorporar a tecnologia na escola:

  • Na gestão escolar, prepara a instituição de ensino para atender às demandas do mercado, auxiliando na captação de alunos.
  • Segue o ritmo dos alunos, pois eles seguem tal cenário e estão bem-antenados em relação às mais recentes tendências. 
  • Mantém a empresa (no caso, a escola) competitiva, oferecendo novidades e diferenciais competitivos para os alunos.

Isso ajuda, no fim das contas, no crescimento escolar. Uma instituição que se atualiza visa o futuro, se preocupa com os seus alunos e consegue manter mais estudantes em sala de aula, mesmo que em um espaço virtual de aulas.

Potencializa o acompanhamento individual

As ferramentas educacionais atreladas ao uso da tecnologia na educação são completamente direcionadas para o ensino mais personalizado para cada aluno. 

No geral, o uso de novas plataformas, aplicativos, em ferramentas em geral levam o aprendizado a um patamar de adaptação e individualização.

Exemplo disso é a tutoria individual, em que um tutor explica o conteúdo apenas para o aluno, de modo direcionado e personalizado com conhecimentos prévios e necessidades do estudante.

Além disso, há ferramentas de acompanhamento de aprendizagem que são modernas e permitem à equipe da escola ter um diagnóstico preciso dos alunos, o que favorece, novamente, a individualidade de cada um.

Mantém o processo de ensino-aprendizagem atualizado

O último dos benefícios do uso da tecnologia na educação é a possibilidade de termos um processo de ensino-aprendizagem atualizado, de acordo com as práticas atuais e modernas.

A tecnologia permite, por exemplo, atualização rápida e sem custos adicionais de materiais didáticos no formato de livros digitais. Isso é uma grande vantagem para o aluno, que sempre vai estudar com os materiais atualizados, o que torna o processo de ensino aprendizagem mais efetivo também.

Além disso, as novas práticas que surgiram com o advento da tecnologia na educação também beneficiam os alunos e professores de modo geral porque:

  • permitem a interação entre os métodos mais tradicionais e os mais modernos; 
  • trazem ainda mais dinamismo às aulas;
  • diferencia a escola da concorrência, afinal, não são todas as instituições que investem em um processo ensino-aprendizagem atualizado.
  • a escola percebe a importância de se desprender do tradicional e abraçar as novas tecnologias a fim de auxiliar o estudante.

Como aplicar a tecnologia na escola?

Agora que você já sabe bastante sobre escolas inovadoras, precisamos ir para a parte prática de tudo isso. Afinal de contas, como implementar a tecnologia em sala de aula?

As escolas podem implementar a tecnologia por meio do AVA, por exemplo, deixando à disposição dos alunos uma plataforma para que desfrutem de videoaulas, revisões e tenham uma interação virtual com os professores e colegas.

Também é possível utilizar as redes sociais, por meio de grupos e concursos de fotos, o que, inclusive, é uma ótima estratégia de marketing para escolas.

As metodologias ativas, da mesma forma, são um modo de se desprender do ensino tradicional com o uso de tecnologias digitais.

Aluno estudando com auxílio de um computador. Pesquisando com aparelho tecnológico.

pexels.com

A gamificação da educação, por exemplo, é um modo de despertar interesses diferentes nos alunos e pode ser feita por meio de plataformas online: Kahoot, Quizziz, e diversas outras ferramentas digitais.

A ressalva final, bastante necessária, é de que a tecnologia não exclui o professor na educação. Pelo contrário, ela busca incluir educadores em novas formas de conduzir e utilizar ferramentas disponíveis. 

Por isso, a implementação prática das novas tecnologias depende muito de um corpo docente preparado com eficiência, para isso a formação continuada é muito importante, pois é comum os professores terem dificuldade com o uso de tecnologia..

No mundo dinâmico em que vivemos na atualidade, é essencial se conectar com a tecnologia para auxiliar na educação dos cidadãos de hoje em dia. Em nosso blog, há diversos artigos sobre o uso da tecnologia na educação que valem a pena conferir.

SAMR

Nesse sentido, o modelo SAMR é algo incrível para ajudar na integração entre tecnologia e escola. De modo simples, esse modelo é uma sigla para Substituição, Ampliação, Modificação e Redefinição.

Criado pelo Dr. Ruben Puentedura, o SAMR busca integrar a pedagogia com tecnologia, ajudando educadores a refletirem e perceberem como o uso de novas tecnologias em sala de aula podem ocorrer ao classificar as tarefas:

  • Substituição: a tecnologia é um substituto direto, sem melhorias funcionais;
  • Ampliação: a tecnologia é um substituto direto, mas dessa vez com melhorias funcionais;
  • Modificação: a tecnologia é instrumento para que exista o redesenho da função de uma tarefa;
  • Redefinição: a tecnologia cria e redefine novas tarefas, desta vez que seriam impossíveis sem o seu uso.

Tal autodiagnóstico é um passo para desenvolver novos usos da tecnologia em sala de aula e suas possibilidades, objetivando, no final, um aprendizado mais eficiente e focado no desenvolvimento individual do estudante.

Em nosso blog, temos um conteúdo completo que fala sobre o modelo SAMR, as suas etapas e a sua implementação.

Conclusão

Na era da revolução tecnológica na qual vivemos, o papel da tecnologia na educação é preponderante: ela está cada vez mais inserida nas salas de aula. O modelo tradicional de uma sala de aula mudou, precisando se adaptar a uma nova realidade com uso da tecnologia na educação.

A tecnologia na educação ajuda a superar diversos desafios. Aproveite para saber ainda mais sobre este assunto! Baixe o nosso infográfico com intervenções pedagógicas direcionadas para as aulas online.

Compartilhar esse artigo:

Gostou? Deixe sua opinião

Inscreva-se para receber conteúdos e notícias sobre ensino híbrido e personalização da aprendizagem no seu e-mail toda a semana.

Quer inovar a jornada educacional?

Seja um líder educacional e inscreva-se em nossa newsletter.

Esse website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação